Bagna cauda é um tipo de molho quente originado no país

A cidade de Asti, na Itália, receberá entre os dias 22 e 24 de novembro um festival dedicado ao tradicional prato piemontês bagna cauda.

O evento será realizado no antigo Conselho Municipal de Asti e deverá contar com a presença de diversas autoridades, como o governador da região de Piemonte, Alberto Cirio.

“Entre as novidades, uma cozinheira judia e uma de origem muçulmana cozinharão juntas a bagna cauda. A praça San Secondo e o mercado da companhia de Asti terão 30 barracas. Também vai ser inaugurado o projeto da Academia Bagna Cauda, que oferecerá muito conhecimento sobre este prato extraordinário”, disse o criador do evento, Sergio Miravalle.

A organização prevê que mais de 150 moradores de Asti irão participar do evento, enquanto que a expectativa é atrair cerca de 15 mil pessoas para a cidade.

O festival também receberá representantes da Unesco, já que Asti pretende candidatar o tradicional prato para ser reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade.

A bagna cauda é considerada um dos pratos mais representativos da culinária piemontesa. Ela poder ser preparada de diversas maneiras, já que há versões diferentes e com vários ingredientes.

Essa espécie de molho quente é tradicionalmente preparado com alho, azeite de oliva, manteiga e anchova. Após isso, a calda pode ser consumida com legumes, verduras e pães. (com dados da Ansa)