BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Itália prende criminosos que fraturavam pernas e braços para fraudar seguros

09 de agosto de 2018 - Por Comunità Italiana
Itália prende criminosos que fraturavam pernas e braços para fraudar seguros

 

Onze pessoas que integravam dois grupos que recrutavam viciados, alcoólatras e pessoas em dificuldades econômicas para quebrar braços e pernas e fingir acidentes, o que possibilitava receber dinheiro de seguro, foram detidas em Palermo, sul da Itália, informaram as autoridades locais

Entre os detidos está uma enfermeira que fornecia analgésicos às vítimas para tentar reduzir o desespero no momento das fraturas, provocadas com pesos como os utilizados nas academias de ginástica.

As vítimas eram abandonadas à beira de uma estrada nas proximidades de Palermo, onde falsas testemunhas descreviam o acidente aos serviços de emergência.

Os grupos criminosos prometiam às vítimas 30% do dinheiro do seguro, que dependendo da gravidade das lesões poderia alcançar até 150.000 euros.

Mas de acordo com a polícia, as vítimas recebiam apenas entre 50 e 100 euros, inclusive quando as lesões as deixavam em cadeiras de rodas ou incapacitadas por vários meses.

O chefe de polícia de Palermo, Roberto Ruperti, afirmou que esta foi a primeira vez que descobriu um comércio criminoso tão cruel.

A investigação policial começou em janeiro de 2017, quando um tunisiano foi encontrado morto, com várias fraturas, ao que tudo indicava depois de um atropelamento.

Os médicos legistas descobriram durante a necropsia que as fraturas não correspondiam a um acidente, que não havia rastros do automóvel e que as declarações dos peritos não faziam sentido.

Entre os detidos está um perito de seguros, considerado o chefe de um dos grupos.

(AFP)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2075
            [name] => Fraude
            [slug] => fraude
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2075
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 11
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 199
            [name] => Itália
            [slug] => italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 199
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1044
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 682
            [name] => Palermo
            [slug] => palermo
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 682
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 14
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4174
            [name] => Seguro
            [slug] => seguro
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4174
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Em outros países como a Itália, o Estado apoia empresários e famílias com liberação de dinheiro para a estabilização social. Você acha que o governo brasileiro faz o suficiente?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 11h54
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.