BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Itália prende 334 pessoas em megaoperação contra máfia

19 de dezembro de 2019 - Por Comunità Italiana
Itália prende 334 pessoas em megaoperação contra máfia

Ação contra ramificações do grupo ‘Ndrangheta, que ocorreu também na Alemanha, Suíça e Bulgária prende políticos, empresários e autoridades envolvidas em diversos delitos, como extorsões, homicídios e tráfico de drogas

A polícia italiana prendeu nesta quinta-feira (19) 334 suspeitos de integrar o poderoso grupo mafioso ‘Ndrangheta. A megaoperação, que contou com 2,5 mil policiais na Itália, teve também ações na Alemanha, Suíça e Bulgária.

Cerca de 260 pessoas estão sob custódia e outras 70 foram colocadas sob prisão domiciliar. Outras quatro foram banidas das cidades onde viviam. As acusações que pesam contra os suspeitos incluem associação à organização mafiosa, assassinatos, extorsão, agiotagem, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro, corrupção e fraudes.

Um dos alvos da operação foi a província de Vibo Valentia, na Calábria, onde foi desmantelada uma rede que incluía empresários locais, funcionários públicos, políticos e policiais , entre eles, um ex-chefe de polícia da capital da província. As operações apreenderam bens no valor de 15 milhões de euros, cerca de 67 milhões de reais.

O prefeito do município de Pizzo, em Vibo Valentia, também está entre os detidos. O advogado e ex-parlamentar Giancarlo Pittelli do partido Força Itália, que foi coordenador regional da legenda do ex-premiê Silvio Berlusconi, e atuou como membro da Comissão de Justiça da Câmara está ainda entre os detidos.

“Conseguimos desmantelar completamente os clãs na província de Vibo, mas outras regiões da Itália, dos Alpes até a Sicília, também foram envolvidas”, afirmou o promotor Nicola Gratteri.

A operação foi realizada na regiões de Lombardia, Vêneto, Toscana, Emilia Romagna, entre outras. “Foi a maior operação desde o megajulgamento de Palermo”, disse Gratteri, se referindo ao processo jurídico contra a máfia siciliana que durou entre 1986 e 1992 e levou à prisão de mais de 300 pessoas.

A ‘Ndrangheta, que tem sua origem na região da Calábria, no sul do país, é tida como uma das organizações criminosas mais poderosas do mundo e a principal responsável pelo tráfico de cocaína para a Europa. Nos últimos anos, o grupo vem conseguindo superar a Cosa Nostra em termos de poder e riqueza, se infiltrando em praticamente todos os setores da economia e política da Itália.

De acordo com o Instituto italiano de Estudos Políticos, Econômicos e Sociais (Eurispes), estima que a ‘Ndrangheta lucre entre 300 milhões e 350 milhões de euros por semana com o tráfico de drogas. Nos anos 1970, a organização se expandiu para o norte do país e, na década seguinte, para a Alemanha, aumentando seu alcance até países distantes como Canadá e Austrália.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 795
            [name] => máfia
            [slug] => mafia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 795
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 38
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Novo programa Renda de Cidadania, espécie de "Bolsa Família" da Itália, exige que o beneficiário preste serviço para o município em troca do crédito. Você concorda?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 04h48
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.