BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Itália pede ajuda de países europeus para combater incêndios florestais na Sardenha

26 de julho de 2021 - Por Comunità Italiana
Itália pede ajuda de países europeus para combater incêndios florestais na Sardenha

Cerca de 400 pessoas foram retiradas de suas casas no domingo (25). Os incêndios assolaram a província de Oristano, na região centro-oeste da ilha italiana

A Itália pediu a Estados da União Europeia, no domingo (25), que enviem aviões de combate a incêndios para ajudar a controlar o fogo que atingiu partes da ilha da Sardenha, causando a retirada de centenas de pessoas.

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, disse no Facebook que a Defesa Civil do país emitiu o pedido, e disse estar grato pela ajuda que já estava sendo enviada.

“Dois (aviões) vêm de França, a quem agradeço oficialmente”, disse Di Maio.

Os incêndios assolaram a província de Oristano, na região centro-oeste da ilha italiana, queimando milhares de hectares de terra, matando animais e danificando propriedades. A aérea de Montiferru foi uma das mais afetadas pelas chamas, sendo que os italianos que precisaram deixar suas casas são da aldeia Scano.

Não houve relatos de mortes ou ferimentos graves, mas a agência de notícias italiana “Ansa” disse que 400 pessoas foram retiradas de suas casas no domingo (25), depois que um número semelhante também foi removido durante a noite.

O prefeito da região, Antonio Flore, improvisou um centro de arrecadação e acolhimento no ginásio municipal, enquanto as autoridades tentam controlar o fogo, que continua avançando em direção às montanhas entre Santu Lussurgiu e Macomer.

Segundo o diretor-geral da Defesa Civil da Sardenha, Antonio Belloi, bombeiros, helicópteros do Exército italiano e sete aviões Canadair estão tentando apagar as chamas que, de acordo com a primeira estimativa, já queimou cerca de 10 mil hectares de território. As condições meteorológicas, no entanto, não estão ajudando, devido ao vento forte.

A Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos (Coldiretti) classificou o incêndio como uma “catástrofe” e falou de consideráveis danos à agricultura.

O incêndio é investigado pelas autoridades italianas e toda apuração será enviada ao Ministério Público de Oristano. Há dois dias, um carro foi incendiado em Bonarcado, mas o fogo foi extinto. No entanto, uma nova queimada foi registrada ontem a noite no mesmo território. Os agentes florestais querem entender a causa da tragédia. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9293
            [name] => Incêndio Florestal
            [slug] => incendio-florestal
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9293
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 629
            [name] => Sardenha
            [slug] => sardenha
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 629
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 39
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que as fronteiras aéreas devem voltar a ficarem fechadas devido a variante Ômicron?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 22h48
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.