Terceiro uniforme da seleção principal estreia no próximo sábado (12), contra a Grécia, pelas eliminatórias da Eurocopa 2020

A Puma apresentou nesta segunda-feira (7) o novo terceiro uniforme da seleção italiana com cor usada apenas uma vez na história da Azzurra. No próximo sábado, contra a Grécia, pelas eliminatórias da Eurocopa 2020, a equipe vai entrar em campo de verde. O uniforme foi criado com referências ao movimento artístico renascentista, dos século XIV ao XVI, baseado nos elementos gráficos de padrões de tecidos e arquitetura da época.

Camisa verde da seleção italiana com inspiração renascentista — Foto: Divulgação

De acordo com a fornecedora de material esportivo, a camisa celebra “os novos tempos e talentos proeminentes na Itália, para revelar a grandeza de sua história e nação, enaltecendo a onda de talentos que se destaca no país, dentro e fora do campo”. A seleção tetracampeã mundial tem 12 jogadores com menos de 25 anos de idade.

Chamado de Maglia Verde (camisa verde, em italiano), o uniforme foi usado pela equipe principal somente uma vez, na vitória sobre a Argentina por 2 a 0, no Estádio Olímpico de Roma, em dezembro de 1954. As seleções de base adotaram como cor principal durante alguns anos, deixando a tradicional Azzurra exclusivamente para o time de adultos, como forma de motivar os jovens a um dia ganhar o direito de representar o país nas competições mais importantes.

Detalhe da camisa verde da seleção italiana: kit Renascença, nova onda — Foto: Divulgação

Se vencer a Grécia no sábado, pela sétima rodada das eliminatórias da Euro, a Itália vai se classificar antecipadamente em busca do sonho do bicampeonato continental. A seleção ganhou o torneio somente uma vez, em 1968, quando foi sede. (GE)