BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Itália estuda construir muro na fronteira com Eslovênia

30 de junho de 2019 - Por Comunità Italiana
Itália estuda construir muro na fronteira com Eslovênia

Após ter reduzido drasticamente os fluxos migratórios no Mediterrâneo, o governo da Itália estuda agora construir um muro na fronteira com a Eslovênia, no nordeste do país

Segundo o governador da região de Friuli Venezia Giulia, Massimiliano Fedriga, a barreira teria 243 quilômetros de comprimento. “É uma hipótese que estamos estudando com o Ministério do Interior”, disse, em entrevista ao jornal Fatto Quotidiano.

O Ministério do Interior é chefiado pelo vice-premier Matteo Salvini, do partido ultranacionalista Liga, o mesmo de Fedriga. “Se a Europa não tutela suas fronteiras, seremos obrigados a parar a onda migratória que atravessa outros países da União Europeia com todos os meios”, acrescentou o governador.

O próprio Salvini, dois dias atrás, dissera que, após a redução dos desembarques no Mediterrâneo, seu objetivo seria “vigiar a fronteira a leste”. As polícias de Itália e Eslovênia iniciarão nesta segunda-feira (1º) um serviço de patrulha bilateral para controlar os fluxos migratórios.

O objetivo dessas medidas é inibir a ação de pessoas que ajudam migrantes e refugiados a se deslocarem entre os países da União Europeia. “A Itália também terá seu muro da vergonha. Os membros da Liga no governo estão levando a Itália à barbárie para parar uma invasão de migrantes que não existe”, declarou o presidente do partido Federação dos Verdes, Angelo Bonelli.

O governo da Itália ainda não forneceu números sobre os fluxos migratórios na fronteira com a Eslovênia. Os dois países fazem parte do Espaço Schengen, área de livre circulação de pessoas e mercadorias na Europa.

O dispositivo, no entanto, tem uma regra que permite a “devolução” para o país de partida de migrantes em situação irregular, se eles forem pegos nas imediações da fronteira da nação de destino. Ou seja, se a Itália detém um cidadão extracomunitário sem documentos logo após a divisa, ela pode enviá-lo de volta à Eslovênia.

Essa medida, contudo, frequentemente é usada para bloquear solicitantes de refúgio, que não são migrantes irregulares porque buscam a proteção oficial de um país contra perseguições ou guerras em sua nação de origem.

(Com informações da ANSA)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 5538
            [name] => Eslovênia
            [slug] => eslovenia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 5538
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4512
            [name] => Muro
            [slug] => muro
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4512
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Com medidas de distanciamento e sanitização, pontos turísticos da Itália estão programando reabertura para visitantes a partir de junho. Você pretende viajar para o exterior antes do fim do ano?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 01h31
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.