Telespazio está fornecendo mapas detalhados da região onde aconteceu a tragédia

O embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, declarou que tecnologia italiana foi disponibilizada para ajudar na operação em Brumadinho (MG), onde até o momento as autoridades brasileiras listam 279 pessoas desaparecidas.

Segundo a publicação de Bernardini no Twitter, a “Telespazio está agora fornecendo mapas detalhados baseados no uso de imagens de satélite, em particular, as imagens de radar Cosmo SkyMed e imagens ópticas de Santinel 2A”.

As informações recolhidas pelos satélites do projeto italiano Cosmo-SkyMed já são utilizadas com sucesso no Brasil, onde a Telespazio atua desde 1997, através de sua controlada Telespazio Brasil. A empresa atua no monitoramento ambiental e de segurança – como a perda de petróleo de plataformas no mar, controle de deslizamentos – além do apoio à agricultura e para aplicações em questão de defesa, por exemplo.