“Juntos, Brasil e Itália podem dar contribuição central para que prevaleça a visão estratégica”, diz ministro Aloysio Nunes Em abril de 2010, os governos do Brasil e da Itália assinaram um plano de ação cujo propósito era reforçar acordos bilaterais em 16 áreas consideradas essenciais. De lá para cá,

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários