BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Istat aponta redução de quase 1 milhão de postos de trabalho na Itália

06 de abril de 2021 - Por Comunità Italiana
Istat aponta redução de quase 1 milhão de postos de trabalho na Itália

A Itália perdeu quase 1 milhão de postos de trabalho em um ano, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (6) pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat). Segundo o órgão, o país encerrou o mês de fevereiro com 22,197 milhões de pessoas ocupadas, uma redução de 945 mil (-4,1%) em relação ao mesmo mês do ano passado, quando surgiram os primeiros casos de transmissão interna do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Do total de vagas fechadas, 372 mil eram de trabalhadores temporários; 355 mil, de autônomos; e 218 mil, de carteira assinada.

Em números absolutos, a queda foi maior entre os homens (-533 mil) do que entre as mulheres (-412 mil), mas, em índices relativos, as mulheres perderam mais postos de trabalho (-4,2%, contra -4% entre os homens).

Em um ano, a taxa de ocupação na Itália caiu 2,2 pontos percentuais e chegou a 56,5%. Entre os homens, o índice diminuiu para 65,3% (-2,5 pontos), e entre as mulheres, para 47,7% (-1,8 ponto).

Essa redução é reflexo direto da pandemia do novo coronavírus, que obrigou o governo a paralisar atividades não essenciais entre março e maio, em âmbito nacional, e a partir de outubro, nas regiões com maior risco epidemiológico.

As demissões estão proibidas na Itália há mais de um ano para todas as empresas que usufruíram de desonerações fiscais durante a pandemia e da chamada “caixa integração”, quando o governo ajuda a pagar o salário de trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos.

No entanto, há exceções para o caso de falências ou fechamento das atividades.

Desemprego

Ainda segundo o Istat, a taxa de desemprego na Itália fechou fevereiro em 10,2%, queda de 0,1 ponto em relação a janeiro, porém aumento de 0,5 ponto na comparação com fevereiro do ano passado.

Entre os jovens de 15 a 24 anos, a taxa ficou em 31,6%, redução de 1,2 ponto em relação a janeiro, porém alta de 2,6 pontos na comparação com fevereiro de 2020. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 739
            [name] => Desemprego
            [slug] => desemprego
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 739
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 19
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 741
            [name] => Istat
            [slug] => istat
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 741
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 65
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1181
            [name] => Trabalho
            [slug] => trabalho
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1181
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a CPI da covid conseguirá ajudar a fazer justiça pela morte de milhares de brasileiros durante a pandemia?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 08h42
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.