Com 100% de aproveitamento, time de Antonio Conte tira proveito do tropeço da Juventus e assume liderança do campeonato, mas ainda pode ser alcançado pelo Torino, que joga nesta segunda (16)

A Inter de Milão fez o simples, tirou proveito de uma expulsão do adversário, venceu em casa e assumiu, ao menos por enquanto, a liderança isolada do Campeonato Italiano. Com gol solitário de Sensi, a equipe do técnico Antonio Conte derrotou a Udinese por 1 a 0 no último sábado (14) no San Siro e disparou na ponta aproveitando que a Juventus tropeçou na rodada e empatou com a Fiorentina.

O único gol da partida saiu aos 44 minutos do primeiro tempo. Godín curtiu uma de ponta e cruzou na medida para Sensi, na entrada da pequena área, cabecear sem chances para o goleiro Musso. A Udinese fazia uma partida equilibrada em Milão, mas teve De Paul expulso aos 35 e abriu o caminho para o domínio da Inter de Milão.

Na segunda etapa, só deu os donos da casa. Uma das contratações mais badaladas do clube para essa temporada, Alexis Sánchez entrou aos 35 no lugar de Politano e fez sua estreia pela Inter. E, por muito pouco, não deixou o seu: Musso fez uma defesa incrível praticamente em cima da linha.

Com o resultado, a Inter de Milão manteve os 100% de aproveitamento, foi aos nove pontos e assumiu a ponta isolada, mas ainda pode ser alcançada pelo Torino, que tem seis pontos e joga na hoje (16). A Udinese, por sua vez, tem três pontos e está em décimo. As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Italiano no próximo sábado, na quarta rodada. Às 10h (de Brasília), a Udinese recebe o Brescia em casa. Às 15h45, é a vez da Inter de Milão fazer o clássico contra o Milan no San Siro. (GE)