De acordo com a empresa, a ação busca evitar competições e incentivar os usuários a focarem nas histórias compartilhadas na rede social

O Instagram começou nesta quarta-feira (17) no Brasil e na Itália um teste para ocultar a contagem de curtidas em publicações na rede social. Segundo comunicado, a empresa afirma que o objetivo é que “as pessoas se concentrem em fotos e vídeos compartilhados, e não na quantidade de ‘likes’ que recebem”.

Na prática, a opção “curtir” não será removida, mas o número total de pessoas que aprovaram a postagem não estará mais visível para os seguidores. Apenas o usuário que compartilhou a publicação no Instagram poderá ter acesso a essas informações. A visualização ficará assim:

A iniciativa tem a intenção de fazer com que os usuários não se sintam em uma “competição dentro do Instagram” e assim foque mais em contar suas histórias do que no número de “likes”. “Queremos que o Instagram seja um lugar onde todos possam se sentir livres para se expressar. Estamos iniciando vários testes em vários países para aprender com nossa comunidade global como essa iniciativa pode melhorar a experiência [da rede social]”, explicou Tara Hopkins, diretora de políticas públicas do Instagram.

A novidade foi antecipada por Mark Zuckerberg durante uma conferência de desenvolvedores do Facebook no final de abril na Califórnia. O primeiro teste foi iniciado no Canadá no último mês de maio e, para a rede social, os primeiros resultados são animadores. No entanto, ainda há o cuidado de analisar como a atualização tem afetado a experiência das pessoas que usam o aplicativo.

Segundo especialistas, caso a medida seja aplicada, será uma revolução para o mundo do marketing digital e os chamados “influenciadores”. O Instagram conta com mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, sendo que 500 milhões usam a função “Stories”.

(com informações do G1 e ANSA)