BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Incêndios florestais elevam a Itália a triste marca de país com maior número de hectares queimados da UE

Incêndios florestais elevam a Itália a triste marca de país com maior número de hectares queimados da UE

16 de agosto de 2021 - Por Comunità Italiana
Incêndios florestais elevam a Itália a triste marca de país com maior número de hectares queimados da UE

A Itália ultrapassou a Grécia e se tornou o país da União Europeia (UE) mais afetado pelos incêndios florestais. De 1º de janeiro a 14 de agosto de 2021, uma área de 120.166 hectares, quase tão grande quanto a cidade de Roma, foi queimada pelo fogo. Os dados foram divulgados pelo Sistema Europeu de Informação sobre Incêndios Florestais (Effis) da Comissão Europeia no último sábado (14).

Segundo o relatório, o número é maior do que o registrado na Grécia neste ano. Até o momento, as chamas atingiram uma área de 116.365 hectares em todo o território grego.

No total, mais de um terço das florestas queimadas em toda a União Europeia estão na Itália, totalizando 358.024 hectares até agora. A península também mantém a liderança da UE em relação ao maior número de incêndios que eclodiram. Os de grandes dimensões, ou seja, mais de 30 hectares de extensão, são 472.

A Espanha, por sua vez, está em segundo lugar com 228. Também neste caso, a Itália representa mais de um terço de todos os incêndios da UE, igual a 1.327.

As chamas estão “devorando” diversas áreas arborizadas na Itália, principalmente na região sul, onde pelo menos quatro pessoas morreram. As equipes de bombeiros e veículos aéreos estão tentando combater o fogo que, devido às temperaturas elevadas, fica difícil de ser apagado.

Na sexta-feira passada (13), os bombeiros italianos iniciaram uma operação para combater um novo foco de incêndio em Tivoli, a aproximadamente 40km de Roma. Diversas localidades da área tiveram que ser evacuadas, e os moradores foram levados a outros lugares para se abrigarem.

Os carabineiros da cidade de Noto prenderam dois suspeitos de iniciar incêndios florestais em Buccheri, na província de Siracusa. Os dois, pai e filho de 60 e 27 anos, respectivamente, são acusados de ser responsáveis por alguns dos fogos que devastaram a zona rural na região em julho.

De acordo com o que foi reconstruído durante a investigação das autoridades italianas, sob a direção do Procurador de Siracusa, os dois fazendeiros teriam ateado fogo com o objetivo de expandir as pastagens para seus rebanhos e economizar nas despesas em pelo menos duas ocasiões.

Nos últimos dias, o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, anunciou que fará um plano extraordinário para ajudar as cidades a enfrentar a emergência. De acordo com o premiê, o programa do governo italiano irá prever um auxílio para as pessoas e empresas afetadas pelo fogo, além de um plano de reflorestamento e segurança nos territórios atingidos.

Já o presidente italiano, Sergio Mattarella, sobrevoou as áreas afetadas pelos incêndios e disse que os “culpados” têm uma gravíssima responsabilidade na consciência. “Ver diretamente a devastação causada pelos incêndios nos faz compreender a imensa extensão dos danos causados às vidas das comunidades atingidas e ao seu território e do prejuízo provocado ao futuro dos jovens”, disse o chefe de Estado italiano.

“Sobre os incêndios que atingiram as regiões do Sul da Itália, em particular a Sicília, Sardenha e Calábria, juntamente com o primeiro-ministro Mario Draghi, discutimos prever, no pacote de intervenções que o governo se prepara para lançar, as medidas adequadas para permitir que as empresas agropecuárias continuem suas atividades, inclusive para evitar o risco de abandono das áreas afetadas que agravariam ainda mais a já delicada situação dos territórios”, escreveu o ministro das Políticas Agrícolas, Alimentares e Florestais da Itália, Stefano Patuanelli, no Facebook, anunciando que o Movimento 5 Estrelas voltará a solicitar veementemente a inclusão do serviço civil de meio ambiente. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9303
            [name] => Incêndios Florestais
            [slug] => incendios-florestais
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9303
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 8
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 199
            [name] => Itália
            [slug] => italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 199
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1173
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você ficou satisfeito com o resultado das eleições parlamentares da Itália?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 23h29
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.