BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Ilhas da Sardenha e da Sicília vão às urnas em eleições municipais na Itália

11 de outubro de 2021 - Por Comunità Italiana
Ilhas da Sardenha e da Sicília vão às urnas em eleições municipais na Itália

As ilhas da Sardenha e Sicília, no sul da Itália, decidem seus novos prefeitos entre domingo (10) e esta segunda-feira (11) nas eleições municipais, uma semana depois do pleito realizado no restante do país. Inicialmente, as eleições estavam previstas para o primeiro semestre de 2021, mas acabaram adiadas devido à pandemia do novo coronavírus.

As duas regiões têm condições especiais de autonomia e, portanto, realizam a votação em dias diferentes. As urnas ficaram abertas até às 23h (horário local) de domingo e voltaram a funcionar nesta segunda-feira, das 7h às 15h (horário local).

Na Sardenha a votação acontece em 98 municípios, de um total de 377. Somente três cidades – Capoterra, Carbonia e Olbia – contabilizam mais de 15 mil residentes, sendo que duas delas, Carbonia (26.472 habitantes) e Capoterra (22.435), vão às urnas nos dias 24 e 25 de outubro.

Em Olbia (60.491 habitantes), competem apenas dois candidatos: o ex-prefeito de centro-direita Settimo Nizzi (FI) e Augusto Navone, apoiado por uma coalizão cívica. Desta forma, o resultado será conhecido já no primeiro turno.

Apenas 27 dos 98 municípios ultrapassam a marca de 3 mil habitantes. Ao todo, 84% dos candidatos a prefeito são homens, enquanto as mulheres são 16%.

Já na Sicília, onde será feita a renovação de prefeitos e câmaras municipais, as urnas foram abertas em 42 cidades.

Entre os maiores municípios com direito a voto estão Vittoria, na província de Ragusa; Alcamo, na área de Trapani; Caltagirone, Adrano e Giarre, na província de Catania; Canicattì, Favara e Porto Empedocle, na região de Agrigento; Lentini, Noto, Pachino e Rosolini, na província de Siracusa; e San Cataldo, na zona de Nisseno. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3828
            [name] => Eleições municipais
            [slug] => eleicoes-municipais
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3828
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 16
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 629
            [name] => Sardenha
            [slug] => sardenha
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 629
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 38
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 798
            [name] => Sicilia
            [slug] => sicilia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 798
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 60
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a CPI da covid conseguirá ajudar a fazer justiça pela morte de milhares de brasileiros durante a pandemia?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 05h11
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.