Situada no Golfo de Nápoles, a ilha italiana de Capri deu um passo à frente ao proibir a utilização e comercialização de plástico de uso único, um veto que a União Europeia (UE) aplicará somente em 2021. A medida vale na ilha a partir do mês de maio.

Sacolas, pratos, copos, recipientes para alimentos ou qualquer outro elemento feito com plástico que não seja biodegradável não serão permitidos nesta ilha, segundo a ordenança municipal aprovada pela Câmara Municipal.