Três famílias foram as pioneiras da imigração italiana no Rio Grande do Sul: Crippa, Radaelli e Sperafico. Cruzaram o Atlântico e depois atingiram o estado mais meridional do país, há 140 anos. Ainda na Itália, prometeram-lhes mundos e fundos. Havia muito folclore em relação ao Brasil, mas, ao chegar ao

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários