Torcedores se recusa a comemorar o gol do atacante, que não atuava pelo clube desde quando perdeu faixa de capitão, há quase dois meses

A novela Mauro Icardi chegou ao fim. Depois de quase dois meses sem jogar, o atacante foi titular na vitória da Inter de Milão por 4 a 0 contra o Genoa, nesta quarta-feira, em Gênova. O argentino foi fundamental na goleada. Marcou o segundo gol do jogo e deu assistência para Perisic no terceiro. Mesmo assim, os torcedores do clube não comemoraram o gol do atacante. O triunfo deixa a equipe de Luciano Spalletti com 56 pontos, ainda em terceiro. O Genoa é o 13º, com 33.

Fora de casa, a Inter de Milão não tomou conhecimento do Genoa. Aos 15 minutos, abriu o placar com Gagliardini. Icardi marcou o segundo, de pênalti, e deu assistência para o terceiro gol, de Perisic. Este foi o 123º gol do atacante pelo clube, feito que o coloca ao lado de Vieri como o oitavo maior artilheiro dos nerazzurri. Aos 35 do segundo tempo, Gagliardini anotou mais um e deu números finais ao confronto.

Mas nem tudo são flores. No gol de Icardi, os torcedores se recusaram a comemorar. Os poucos que esboçaram reação, logo se contiveram. A bronca dos fãs é por conta das atitudes recentes do jogador, que ainda não renovou seu contrato com o clube e tem seu nome ventilado em possíveis futuras transferências.

Icardi não atuava pela Inter de Milão desde o dia 13 de fevereiro quando, antes da viagem pela Liga Europa para a partida contra o Rapid Vienna, foi informado pela comissão técnica que não seria mais o capitão da equipe. O jogador foi reintegrado ao elenco há duas semanas, mas só voltou ao time titular na noite desta quarta-feira. (GE)