BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Hipótese de governo M5S-PD ganha força na Itália

25 de abril de 2018 - Por Comunità Italiana
Hipótese de governo M5S-PD ganha força na Itália

 

No entanto, ala ligada a Matteo Renzi ainda resiste

(ANSA)

Ganhou força nas últimas horas a hipótese de um governo na Itália entre o Movimento 5 Estrelas (M5S) e o Partido Democrático (PD), apesar de haver ainda resistência nas alas ligadas ao ex-primeiro-ministro Matteo Renzi.

A possibilidade de um acordo entre as duas forças rivais ficou evidente nas declarações de seus líderes, que evitaram fechar portas e colocar vetos, ao contrário do que acontecera nas fracassadas tratativas entre o M5S, a coalizão de direita e, mais especificamente, o partido ultranacionalista Liga.

“Estamos disponíveis a discutir temas com o PD, apesar das profundas diferenças”, afirmou o líder do movimento antissistema, Luigi Di Maio, após uma reunião nesta terça-feira (24) com o presidente da Câmara, Roberto Fico, que pertence ao M5S e recebeu um mandato “exploratório” do chefe de Estado Sergio Mattarella.

Além disso, Di Maio atendeu ao pedido do PD e deu publicamente por encerradas as negociações com a Liga. “Quero dizer oficialmente que qualquer conversa com a Liga se encerra aqui”, declarou, acrescentando que o secretário da legenda ultranacionalista, Matteo Salvini, está “condenado à irrelevância”.

O acordo M5S-Liga fracassou porque Salvini se recusou a abandonar o aliado Silvio Berlusconi, que integra a coalizão de direita e apoia governos ultranacionalistas na Lombardia e no Vêneto. Por conta disso, Mattarella solicitou a Fico que tentasse costurar uma maioria entre o movimento antissistema e o PD, de centro-esquerda.

Por sua vez, o secretário interino do Partido Democrático, Maurizio Martina, afirmou que está disponível a “dialogar” com Di Maio em torno de uma “agenda europeísta”, da “renovação da democracia” e de políticas trabalhistas que “respeitem o equilíbrio das contas públicas”.

Este último ponto é uma menção clara ao programa “renda de cidadania”, principal bandeira do M5S e que prevê uma bolsa para todos os italianos situados na linha da pobreza. Martina também prometeu levar a questão para análise da direção do PD, onde há resistência a um eventual acordo.

“Por clareza, sobre a proposta de um acordo de governo PD-M5S, a minha opinião pessoal é a mesma de sempre: sou contra”, escreveu no Facebook o presidente da sigla de centro-esquerda, Matteo Orfini, considerado próximo a Renzi. No Twitter, apoiadores do ex-primeiro-ministro lançaram a hashtag #senzadime (“não contem comigo”, em tradução livre).

Se as negociações fracassarem, a Itália pode se ver às voltas com uma eleição antecipada, possibilidade rechaçada por Mattarella, que decidiu dar mais tempo para PD e M5S entrarem em acordo. O mandato exploratório de Fico termina na próxima quinta-feira (26), quando espera-se haver novos sinais positivos nas tratativas.

O PD foi o maior derrotado nas eleições de 4 de março e, após ter governado o país nos últimos cinco anos, obteve apenas 17% dos assentos da Câmara e 16% do Senado – o M5S tem 35% e 34%, respectivamente. A união das duas forças garantiria uma maioria estreita a Di Maio no Parlamento, e bastaria apenas um “não” do agora senador Renzi, por exemplo, e de um ou outro aliado para derrubar o governo.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2532
            [name] => Eleições Itália 2018
            [slug] => eleicoes-italia-2018
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2532
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 132
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 392
            [name] => M5S
            [slug] => m5s
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 392
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 88
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 527
            [name] => Matteo Renzi
            [slug] => matteo-renzi
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 527
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 18
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 565
            [name] => PD
            [slug] => pd
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 565
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 44
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2405
            [name] => Política italiana
            [slug] => politica-italiana
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2405
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 16
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Se estivesse passando por extrema necessidade, sem trabalho, e o Estado não te desse condições para prover recursos para a sua família, você aceitaria ajuda da máfia ou outras organizações criminosas?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 15h14
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.