Liderado pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte, o novo governo da Itália, formado pelo Movimento 5 Estrelas (M5S) e Partido Democrático (PD), apresentou os nomes que mudaram e outros que foram confirmados no Palácio de Farnesina, sede do Ministério das Relações Exteriores da Itália.

O ministro é Luigi di Maio que no passado governo ocupava o cargo de ministro do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Políticas Sociais e também era o vice-primeiro-ministro da Itália junto com Matteo Salvini (Liga).

Foram nomeadas duas mulheres como vice-ministro do Exterior Marina Sereni (Pd) e Emanuela Del Re (M5S). Já o ítalo-argentino e presidente do Maie, Ricardo Merlo, foi reconfirmado como subsecretário. Junto com ele, foram nomeados Ivan Scalfarotto (Pd) e Manlio Di Stefano (M5S).