BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Governo da Itália se divide sobre criação de moeda para pagar dívida pública

12 de junho de 2019 - Por Comunità Italiana
Governo da Itália se divide sobre criação de moeda para pagar dívida pública

Os partidos que dirigem a Itália, o antissistema Movimento Cinco Estrelas (M5S) e o de extrema-direita Liga Norte, defenderam nessa terça-feira (11) a criação da uma espécie de moeda paralela para pagar a dívida pública, uma proposta que o ministro da Economia, Giovanni Tria, já disse que não será debatida em nível de governo

A Itália fala nos últimos dias na hipótese de criar mini-bots (da sigla em italiano de “Buoni Ordinari del Tesoro” – “Bônus Ordinários do Tesouro”), uma espécie de letras de câmbio públicas, sem juros nem vencimento.

Seriam vales físicos, com um valor monetário reduzido (20, 50, 100 euros), que o Tesouro italiano entregaria aos provedores para que estes pudessem receber os pagamentos atrasados da administração pública, gastando estes mini-bots em lojas, bares, postos de gasolina e restaurantes do país.

A medida estava incluída no programa de governo do M5S e da Liga, mas nos últimos dias o debate se acalorou depois que a Câmara dos Deputados a apoiou com uma moção não vinculativa.

“Não vou me aprofundar (na minha posição sobre os mini-bots), mas Tria e (o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe) Conte devem me dizer como resolver o problema”, disse hoje o ministro do Interior e líder da Liga, Matteo Salvini.

Já o líder do M5S e ministro de Desenvolvimento Econômico e de Trabalho, Luigi Di Maio, ressaltou que “o objetivo é pagar às empresas que têm créditos com o Estado” e que o nome é o de menos.

No entanto, Tria já reiterou que esta medida é “ilegal e inútil”, porque violaria as regras europeias e aumentaria a dívida, e insistiu que “não será debatida em nível de governo”.

O primeiro-ministro, Giuseppe Conte, também afirmou que desconhecia a proposta e que “deveria ter sido apresentada com um projeto detalhado para que fosse estudada”.

O ministro da Economia e Conte fecharam assim as portas para esta solução, que o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, descreveu como ilegal na semana passada, porque na prática significaria colocar em circulação uma moeda local.

Um dos maiores defensores da ideia é o presidente da Comissão de Orçamentos da Câmara dos Deputados e membro da Liga, Claudio Borghi, que declarou que não seria uma nova moeda, mas a “titularização de créditos já existentes”.

“Os mini-bots estão no programa de governo. Seriam um instrumento alternativo para pagar as dívidas, sem ser uma moeda”, argumentou.

A proposta foi criticada pela oposição e pelo secretário do partido progressista +Europa, Benedetto Della Vedova, que disse que “há um único fio condutor em todas as ações do governo: o plano B, o da saída da Itália do euro e da União Europeia”.

(Com informações da EFE)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 5496
            [name] => Mini-bots
            [slug] => mini-bots
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 5496
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 5495
            [name] => Moeda Italiana
            [slug] => moeda-italiana
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 5495
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Se estivesse passando por extrema necessidade, sem trabalho, e o Estado não te desse condições para prover recursos para a sua família, você aceitaria ajuda da máfia ou outras organizações criminosas?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 10h23
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.