BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Governo da Itália estende passe sanitário obrigatório para trabalhadores públicos e privados

17 de setembro de 2021 - Por Comunità Italiana
Governo da Itália estende passe sanitário obrigatório para trabalhadores públicos e privados

O governo da Itália aprovou na quinta-feira (16) um decreto-lei que estende para trabalhadores dos setores público e privado a necessidade de apresentação de um certificado sanitário contra a covid-19. O texto recebeu aval unânime do Conselho dos Ministros e, por se tratar de um decreto-lei, entrará em vigor como medida provisória em 15 de outubro, mas precisará da aprovação do Parlamento para se tornar definitivo.

Até agora, o chamado “passe verde” é exigido em locais como academias, piscinas públicas, estádios, feiras e áreas cobertas de bares e restaurantes, assim como é cobrado de professores e outros funcionários de escolas.

No entanto, com o novo decreto, o certificado será obrigatório em todos os locais de trabalho públicos ou privados, incluindo prefeituras, sedes de governos regionais e assembleias legislativas – quanto ao Parlamento, caberá à Câmara e ao Senado se adequarem à medida, já que ambos têm independência em relação ao poder Executivo.

Hoje o passaporte sanitário é concedido a pessoas que já tenham tomado pelo menos uma dose de vacinas contra a covid há no mínimo 15 dias; curados da doença há no máximo seis meses; ou indivíduos que tenham testado negativo em exames PCR ou de antígeno há no máximo 48 horas.

No entanto, o decreto-lei que entrará em vigor em 15 de outubro elimina o prazo relativo à vacinação, ou seja, os interessados poderão obter o certificado imediatamente após a primeira dose.

A apresentação do passe verde nos locais de trabalho será obrigatória até pelo menos 31 de dezembro de 2021, quando termina o estado de emergência pela pandemia na Itália.

Servidores públicos que não mostrarem o passaporte sanitário por cinco dias seguidos poderão ter o salário suspenso, enquanto para trabalhadores do setor privado esse limite será de apenas um dia. Ninguém poderá ser demitido por não apresentar o passe verde.

A extensão do certificado é uma forma encontrada pelo governo italiano de estimular a vacinação contra a covid sem arcar com o ônus político de torná-la obrigatória – parte da coalizão do premiê Mario Draghi é contra a obrigatoriedade.

Atualmente, cerca de 75% do público-alvo na Itália (pessoas com 12 anos ou mais) está totalmente vacinado contra a covid, mas o governo planeja atingir 80% até o fim de setembro. Ainda assim, um estudo recente do Ministério da Saúde apontou que o país tem mais de 3,5 milhões de habitantes com mais de 50 anos ainda sem vacina. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6438
            [name] => Coronavírus
            [slug] => coronavirus
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6438
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1579
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6564
            [name] => Covid-19
            [slug] => covid-19
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6564
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1464
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9351
            [name] => Green Pass
            [slug] => green-pass
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9351
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 20
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6602
            [name] => Pandemia
            [slug] => pandemia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6602
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1388
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9182
            [name] => Passe Sanitário
            [slug] => passe-sanitario
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9182
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 33
            [filter] => raw
        )

    [5] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1176
            [name] => Vacinação
            [slug] => vacinacao
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1176
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 101
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que as fronteiras aéreas devem voltar a ficarem fechadas devido a variante Ômicron?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 21h05
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.