A Itália precisa reconstruir a confiança em seus programas econômicos em vez de se concentrar nas regras da União Europeia sobre déficit orçamentário, disse o ministro italiano da Economia, Giovanni Tria, na terça-feira (21)

Tria falou em entrevista à televisão Rai 3 depois que o vice-primeiro ministro, Matteo Salvini, irritou os investidores na semana passada dizendo que o governo poderia aumentar o déficit para além do limite da UE de 3% do PIB, se considerado necessário para criar empregos.

“O problema não é a regra dos 3%, mas reconstruir a confiança nos programas econômicos da Itália”, disse ele.

A Itália tem a segunda maior dívida da zona do euro depois da Grécia e seus títulos do governo sofreram uma forte liquidação após os comentários de Salvini. O partido Liga de direita de Salvini está fazendo campanha em uma agenda eurocética para as eleições do Parlamento Europeu deste final de semana.

(Com informações da Reuters)