Início » Geóloga italiana afirma ter desvendado local onde Mona Lisa de Da Vinci foi pintada

Geóloga italiana afirma ter desvendado local onde Mona Lisa de Da Vinci foi pintada

19 de maio de 2024 - Por Comunità Italiana
Geóloga italiana afirma ter desvendado local onde Mona Lisa de Da Vinci foi pintada

Conhecida por seu sorriso enigmático, a Mona Lisa de Leonardo da Vinci ainda está envolta em mistérios mesmo após mais de 500 anos de sua criação. Recentemente, a geóloga e historiadora da arte renascentista Ann Pizzorusso acredita ter resolvido um desses mistérios – o local onde o retrato, do século 16, foi pintado.

Ela usou sua experiência para identificar a paisagem que aparece na pintura: uma ponte do século 14, vista ao fundo da personagem, indica que o cenário é a cidade italiana de Lecco, às margens do Lago Como, na região da Lombardia.

Pizzorusso apresentou recentemente as suas descobertas em uma conferência no norte de Itália.

Combinando as suas duas áreas de especialização, ela vê Leonardo não apenas como um artista, mas também como “um grande geólogo”.

“Eu o considero o pai da geologia. Uma das marcas registradas de Leonardo é a precisão geológica. Você olha para qualquer pintura onde ele tenha colocado pedras ou botânica, e é perfeitamente natural, perfeitamente identificável. Essa é uma de suas marcas registradas”, diz.

Falando ao podcast Global News, Pizzorusso contou que seguiu os passos de Leonardo até sua visita à cidade, há 500 anos.

“Eu poderia olhar suas pinturas e desenhos e ainda ver a paisagem mesmo depois de todos esses anos”, aponta.

Durante anos, os historiadores da arte tentaram identificar a ponte na pintura da Mona Lisa, que é comum em muitas cidades italianas.

“Descobri que todo mundo estava apenas olhando para as pontes. É como procurar um [carro] mini cooper. Eles estavam por toda parte na Itália”, relata.

“É preciso ter uma ponte, mas também é preciso ter a geologia e o lago. E foi aqui.”

Pizzorusso relacionou as características geológicas da pintura a Lecco, uma cidade no norte da Itália. Ela acredita que o retrato mundialmente famoso foi pintado lá.

“Lago de Como, é aqui que Leonardo passou muito tempo porque estava tentando construir um canal de Milão até o lago de Como, e não conseguiu porque havia certas partes onde era o solo era muito rochoso”, acrescenta.

Pizzorusso sugere que a cordilheira atrás do retrato representa os Alpes, que Leonardo visitou.

A imagem da ponte Ponte Azzone Visconti (Ponte Vecchio) sobre o rio Adda do Lago Como, na cidade de Lecco, Itália

Acredita-se que a ponte Azzone Visconti esteja no fundo da pintura // crédito: GETTY IMAGES

Ela também acredita que a ponte ao fundo seja a Azzone Visconti, construída no século 14.

Pizzorusso usou ferramentas de geolocalização como Google Maps, Google Earth e drones para identificar a localização.

“Tudo se encaixou”, comemora.

Por outro lado, uma teoria de 2011 dizia que a ponte e a estrada pintadas na obra eram em Bobbio, uma pequena cidade no norte da Itália.

Outra hipótese sugeria que Leonardo da Vinci havia pintado uma ponte na província de Arezzo.

A ponte Ponte Romito em Laterina também já foi relacionada à pintura da Mona Lisa.

O pintor Leonardo da Vinci não foi apenas um artista, mas também escultor, engenheiro, cientista, matemático e inventor.

Suas descobertas de mais de 500 anos atrás abriram o caminho para a forma como vivemos nossas vidas até hoje. (com dados da BBC)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 19h23
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.