BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

G7 impõe novas sanções à Rússia e se compromete em eliminar importações de petróleo do país

08 de maio de 2022 - Por Comunità Italiana
G7 impõe novas sanções à Rússia e se compromete em eliminar importações de petróleo do país

A Casa Branca anunciou neste domingo (8) que os Estados Unidos e aliados do G7 impuseram sanções contra três canais de televisão da Rússia e se comprometeram a eliminar gradualmente a importação do petróleo russo. Segundo comunicado, as emissoras afetadas – Joint Stock Company Channel One Russia, Television Station Russia-1 e Joint Stock Company NTV Broadcasting Company – são direta ou indiretamente controladas por Moscou.

As novas medidas também afetam executivos dos bancos Sberbank e Gazprombank e proíbem os americanos de fornecer serviços a empresas russas. Washington anunciou ainda proibições à exportação de produtos dos EUA para a Rússia, de todos os bens de capital.

“Isso será um duro golpe para a principal artéria da economia Putin e lhe negará a renda necessária para financiar sua guerra”, diz a Casa Branca.

Em nota oficial, o G7 informa que as ações de Putin na Ucrânia representam “uma desgraça” para a Rússia e seu povo. Segundo o grupo, a “guerra de agressão não provocada” do líder russo contra os ucranianos trouxe “desrespeito” a Moscou e aos sacrifícios históricos de sua população.

“A Rússia violou a ordem internacional baseada em regras, em particular a Carta das Nações Unidas, concebida após a Segunda Guerra Mundial para poupar as gerações subsequentes do flagelo da guerra”, acrescenta o comunicado.

O G7 reforça que continua unido em sua “determinação de que Putin não deve vencer a guerra na Ucrânia”, “em memória daqueles que lutaram pela liberdade na Segunda Guerra Mundial” e do povo ucraniano, europeu e pela comunidade global.

De acordo com os países, a guerra de Putin está colocando a segurança alimentar global sob forte pressão e, juntamente com as Nações Unidas, o grupo pediu à Rússia que acabe com seu bloqueio e todas as outras atividades que impedem a produção e exportação de alimentos da Ucrânia, em acordo com seus compromissos internacionais.

As novas sanções são anunciadas após encontro virtual entre os líderes dos EUA, França, Alemanha, Canadá, Itália, Japão e Reino Unido, e o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

Durante a videoconferência, Zelensky ressaltou a firme determinação da Ucrânia em proteger sua soberania e integridade territorial. Além disso, ele disse que o objetivo final de Kiev é garantir a retirada total das forças russas de todo o território ucraniano e ter capacidade de se proteger no futuro. Por fim, agradeceu todos os membros do G7 pelo apoio. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 316
            [name] => G7
            [slug] => g7
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 316
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 26
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 10764
            [name] => Guerra na Ucrânia
            [slug] => guerra-na-ucrania
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 10764
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 206
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1567
            [name] => Rússia
            [slug] => russia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1567
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 220
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 10633
            [name] => Sanções
            [slug] => sancoes
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 10633
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 26
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4500
            [name] => Ucrânia
            [slug] => ucrania
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4500
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 194
            [filter] => raw
        )

    [5] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3958
            [name] => Vladimir Putin
            [slug] => vladimir-putin
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3958
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 41
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a direita da Itália sairá vitoriosa nas eleições parlamentares de 25 de setembro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 17h06
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.