BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » G-8 novamente em L’Aquila no fim do ano

G-8 novamente em L’Aquila no fim do ano

09 de julho de 2009 - Por Comunità Italiana
Os líderes do G8 (grupo dos sete países mais ricos do mundo e a Rússia) voltarão a se reunir em L'Aquila antes do final do ano, anunciou ontem o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.
     
O premier concedeu nesta quarta-feira uma entrevista coletiva após a primeira sessão de trabalho da 35ª Cúpula do G8, que ocorre entre hoje e sexta-feira na cidade italiana.
     
Neste primeiro dia do encontro, os líderes discutiram principalmente a crise econômica mundial, as mudanças climáticas e a diminuição da pobreza na África.
     
Sobre a crise, Berlusconi afirmou que "analisamos a situação de cada país e constatamos em todos sinais de melhora. Decidimos que é importante manter a ajuda ao sistema bancário, à indústria e aos desempregados".
     
O primeiro-ministro assegurou que os governantes do G8 querem "enviar uma mensagem de confiança", pois "a crise está nas nossas costas, mas vamos continuar com ações coordenadas para enfrentá-la".
     
Hoje, as oito maiores economias do mundo também se comprometeram a reduzir em 80% as emissões de gás carbônico até 2050, com base nos níveis registrados em 1990. No âmbito global, esperam, com a ajuda dos emergentes, reduzir em 50% estas emissões.
     
"A Europa e os Estados Unidos concordam com a redução das emissões de gás carbônico. Vamos levar esta posição comum aos países emergentes", afirmou Berlusconi.
     
Amanhã, os líderes do G8 discutirão o assunto com os governantes dos países em desenvolvimento mais industrializados do mundo, que formam o G5 (Brasil, China, Índia, África do Sul e México) e foram convidados a ir à Cúpula de L'Aquila.
     
Até agora, a Índia e a China — dois dos maiores emissores de poluentes do mundo — foram contra as resoluções tomadas pelos países desenvolvidos sobre o tema.
     
"Seria improdutivo reduzir as emissões apenas nos Estados Unidos e na Europa, precisamos contar com esses países", afirmou Berlusconi.
     
Em relação à diminuição da pobreza na África, Berlusconi assegurou que até o final deste ano a Itália vai enviar recursos financeiros destinados às crianças do continente.
 
 
 
Fonte: Ansa

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 292

ENQUETE

Após o resultado das eleições brasileiras e italianas, você acredita que os laços entre as duas nações se fortalecerão?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 06h08
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.