Cadastros podem ser feitos a partir de 2 de abril

A cidade de Florença, na Itália, anunciou que fornecerá uma contribuição no valor de 50 euros para jovens entre 18 e 25 anos como forma de incentivo à leitura de livros, revistas e jornais.

Batizada de “Siate curiosi” (seja curioso, em tradução livre), a iniciativa prevê o pagamento da quantia a jovens que estejam previamente cadastrados para que possam comprar os livros dentro de um período de dois meses a partir de sua emissão.

O projeto experimental foi apresentado pelo prefeito da cidade, Dario Nardella, em parceria com o assessor das Bibliotecas, Massimo Fratini, e utilizará 330 mil euros do orçamento. O incentivo à leitura será pago até que o montante alocado seja esgotado. “Esta é uma iniciativa única do tipo na Itália, que é somada ao bônus que os governos da última legislatura haviam iniciado”, explicou Nardella. A contribuição de 50 euros abrangerá jovens entre 18 e 25 anos de idade residentes em Florença e poderá ser utilizada em bibliotecas municipais credenciadas pela Prefeitura, que também vendem jornais e revistas.   

“Hoje a Internet torna tudo fácil de usar e oferece muitas novidades, mas é a leitura que ajuda a aprofundar e estimula a curiosidade”, diz uma nota da prefeitura.   

Segundo o comunicado, “na Internet temos as notícias que queremos procurar, enquanto em um livro ou em um jornal encontramos histórias e informações que às vezes nem imaginamos”. “O incentivo à leitura é um esforço econômico importante e espero que os jovens florentinos possam acolher esta iniciativa “, ressaltou Nardella.   

O credenciamento poderá ser feito no início de março e, a partir de 2 de abril, os jovens poderão enviar o pedido online, usando as credenciais do Sistema de Identidade Digital (SPID) na plataforma https://servizionline.comune.fi.it/siatecuriosi/. Uma vez que o cadastro foi aprovado, o jovem poderá optar por imprimir o cupom ou fazer download no celular, no cartão de saúde ou bilhete de identidade eletrônico.