BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Festival de Veneza apresenta filmes restaurados do Velho Oeste

Festival de Veneza apresenta filmes restaurados do Velho Oeste

09 de agosto de 2007 - Por Comunità Italiana
A versão restaurada do filme "O Cavalo de Ferro" (1924) de John Ford, o documentário de Nick Redman "Becoming John Ford" e o retorno de cinco obras-primas de Budd Boetticher irão se juntar aos já anunciados filmes da retrospectiva e aos novos filmes do velho oeste de Andrew Dominik, Miike Takashi e Alex Cox na homenagem da 64ª Mostra Internacional de Arte Cinematográfica, de 29 de agosto a 8 de setembro.
   
A influência do velho oeste ainda está viva em muitos cineastas contemporâneos, como nos filmes a serem exibidos na próxima mostra "O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford", de Andrew Dominik, em concurso, "Sukiyaki Western Django", de Miike Takashi, também em concurso, e "Searchers 2.0" na sessão Horizonte, de Alex Cox.
   
A época clássica do velho oeste será celebrada com a projeção, em colaboração com a Jornada do Cinema Mudo de Pordenone, da estréia mundial da versão restaurada de "O Cavalo de Ferro" (1924), de Ford, que ganhou um Leão de Ouro honorário em 1971 em reconhecimento a sua carreira, obra-prima do cinema mudo que conta a epopéia da construção da primeira ferrovia transcontinental. Também serão exibidos o documentário de Nick Redman "Becoming John Ford" e cinco obras-primas assinadas por Boetticher, um dos maiores cineastas norte-americanos que nos anos 50 fez uma série de filmes considerados entre os clássicos do gênero.
   
"O Cavalo de Ferro", primeiro filme do velho oeste de Ford, reúne a perfeita ação espetacular, baseada na fusão das grandes cenas de massa, com a profunda introspecção psicológica dos personagens, rendendo a viagem para a conquista do Oeste, o pioneirismo e o mito da fronteira, uma verdadeira e própria história épica.
   
Serão exibidos também os filmes de Boetticher. "O Resgate de um Bandoleiro" (1957), com Randolph Scott e Maureen O'Sullivan, "Amanhecer Sangrento" (1957), com Randolph Scott, Noah Beery Jr. e Karen Steele, "Fibra de Heróis" (1958), com Randolph Scott, Peter Whitney e Craig Stevens, "O Homem Que Luta Só" (1959), com Randolph Scott, Lee Van Cleef, Karen Steele e James Coburn, e "Cavalgada Trágica" (1960), com Randolph Scott e Nacy Gates.
 
 
Fonte: Ansa 

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 294

ENQUETE

Governo Lula completa um mês. Até o momento acha que está no caminho certo?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 10h13
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.