Início » Ex-premiê da Itália, Giuseppe Conte é agredido na Toscana por homem antivacina

Ex-premiê da Itália, Giuseppe Conte é agredido na Toscana por homem antivacina

05 de maio de 2023 - Por Comunità Italiana
Ex-premiê da Itália, Giuseppe Conte é agredido na Toscana por homem antivacina

O ex-primeiro-ministro da Itália Giuseppe Conte, responsável por administrar a pior fase da pandemia de covid-19 durante seu mandato, foi agredido nesta sexta-feira (5) na cidade toscana de Massa por um homem, supostamente antivacina. O líder do antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) foi atingido no rosto ao chegar a um evento eleitoral no centro da cidade italiana, quando se aproximou para cumprimentar as pessoas que estavam aglomeradas no local.

Neste momento, um homem, que parecia querer apertar a mão de Conte, deu-lhe um soco e passou a repreendê-lo por suas políticas de saúde pública no início da emergência sanitária provocada pelo novo coronavírus Sars-CoV-2. Na sequência, o agressor foi imediatamente detido pela polícia.

“A dissidência é legítima, mas esta manifestação violenta vai além do contexto democrático” , declarou Conte depois do ataque em comunicado à imprensa.

Durante seu mandato, o ex-premiê precisou enfrentar o surto de covid-19 e o primeiro foco europeu em fevereiro de 2020, fazendo o país anunciar um lockdown e medidas restritivas para conter a emergência.

“Quando você assume uma responsabilidade de governo, você toma decisões difíceis em momentos de grande dificuldade para todo o país, como aconteceu durante a pandemia. Você não pode agradar a todos, mesmo trabalhando para o bem de todos. O senhor que me atacou, que é um antivacina convicto, demonstrou com seu gesto violento que esse tipo de deriva é feito por pessoas irresponsáveis”, acrescentou ele.

Conte reforçou ainda que, se o governo tivesse seguido o conselho desse grupo, provavelmente hoje a Itália seria “uma comunidade completamente destruída”.

O ex-premiê será interrogado no próximo dia 10 de maio, em Brescia, no âmbito do inquérito sobre a gestão da primeira fase da pandemia de covid-19. De acordo com a tese do Ministério Público de Bergamo, a decretação imediata de quarentena em duas cidades da província – Alzano Lombardo e Nembro – teria evitado 4 mil mortes pela doença nos primeiros meses da emergência, em 2020.

“Expresso minha solidariedade com o presidente do M5S, Giuseppe Conte. Qualquer forma de violência deve ser condenada sem hesitação. A dissidência deve ser civilizada e respeitar indivíduos e grupos políticos”, lamentou a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, em um comunicado. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 12h26
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.