BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Estudo italiano mostra que anticorpos contra covid persistem por 9 meses após infecção

20 de julho de 2021 - Por Comunità Italiana
Estudo italiano mostra que anticorpos contra covid persistem por 9 meses após infecção

Uma ampla pesquisa com moradores de um pequeno município italiano relevou que 98,8% das pessoas infectadas em fevereiro e março de 2020 apresentaram níveis elevados e detectáveis de anticorpos contra o Sars-CoV-2 em novembro do mesmo ano. Conduzida por cientistas da Universidade de Padua, na Itália, e do Imperial College de Londres, no Reino Unido, o estudo testou cerca de 3 mil moradores de Vo’ Euganeo, que fica em Pádua, entre fevereiro e novembro de 2020 para averiguar o desenvolvimento dos anticorpos contra o vírus.

O time de pesquisadores também descobriu que não havia diferença entre as pessoas que sofreram os sintomas da covid-19 e aquelas que não apresentaram sintomas. Os resultados do estudo foram publicados na segunda-feira (19/7), na revista científica Nature Communications.

Para chegar a essas conclusões, os cientistas monitoraram os níveis de anticorpos usando diferentes testes de detecção dos anticorpos, os quais respondem a diferentes partes do vírus.

Testes de PCR

O conjunto de dados da equipe, que inclui os resultados das duas campanhas de testes de PCR para diagnóstico do vírus conduzidas em fevereiro e março de 2020, junto à pesquisa de anticorpos conduzida em maio e em novembro, permitiram que os pesquisadores identificassem o impacto de várias medidas de controle na disseminação do vírus.

“Nosso estudo mostra que os níveis de anticorpos variam, às vezes acentuadamente, dependendo do teste de detecção usado. Isso significa que é necessário cuidado ao comparar as estimativas dos níveis de infecção em uma população obtidas em diferentes partes do mundo com testes diferentes e em momentos diferentes”, observa o líder do estudo Ilaria Dorigatti, pesquisador do Imperial College.

Para o professor Enrico Lavezzo, coautor do estudo e pesquisador da Universidade de Pádua, é necessário continuar as pesquisas de observação dos anticorpos para compreender mais o desenvolvimento do coronavírus. “No acompanhamento que foi realizado cerca de nove meses após o surto, descobrimos que os anticorpos eram menos abundantes, então precisamos continuar monitorando a persistência dos anticorpos por períodos mais longos”, explica.

Os cientistas também investigaram o estado de infecção entre membros da mesma família para estimar a probabilidade de uma pessoa infectada transmitir o vírus dentro de casa.

Os resultados da pesquisa sugerem uma probabilidade de 1 em 4 de que uma pessoa infectada com coronavírus transmita-o para um membro da família. Esta descoberta confirma que uma pessoa infectada pode infectar outras na população, reforçando que fatores comportamentais são fundamentais para o controle da epidemia, dentre eles o distanciamento físico, limitação do número de contatos e uso de máscara, mesmo em populações altamente vacinadas.

“É óbvio que a epidemia não acabou, nem na Itália, nem em outro país. É de fundamental importância continuar administrando a primeira e a segunda doses da vacina, bem como fortalecer a vigilância, incluindo rastreamento de contato. Encorajar a cautela e limitar o risco de adquirir o Sars-CoV-2 continuará a ser essencial”, reiterou Dorigatti.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6754
            [name] => Anticorpos
            [slug] => anticorpos
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6754
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 5
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6438
            [name] => Coronavírus
            [slug] => coronavirus
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6438
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1567
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6564
            [name] => Covid-19
            [slug] => covid-19
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6564
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1452
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6602
            [name] => Pandemia
            [slug] => pandemia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6602
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1376
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Estamos na Semana da Cozinha Italiana no Mundo. Você escolhe marcas italianas quando vai ao mercado para o preparo das refeições?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 04h01
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.