BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Estátua em homenagem ao engenheiro Píer Luigi Nervi é inaugurada na Embaixada da Itália em Brasília

Estátua em homenagem ao engenheiro Píer Luigi Nervi é inaugurada na Embaixada da Itália em Brasília

29 de novembro de 2021 - Por Comunità Italiana
Estátua em homenagem ao engenheiro Píer Luigi Nervi é inaugurada na Embaixada da Itália em Brasília

O embaixador da Itália no Brasil, Francesco Azzarello, inaugurou nesta segunda-feira (29) uma estátua em homenagem ao engenheiro civil e arquiteto italiano Píer Luigi Nervi (1891-1979) na Embaixada em Brasília. A estátua, assinada pela artista Christina Motta, condecora o autor de diversos projetos inventivos e marcantes que eternizaram sua criatividade e o uso do concreto armado. Nervi foi também o responsável pelo projeto da Embaixada da Itália em Brasília, uma de suas últimas obras.

Além do Embaixador da Itália no Brasil, estiveram presentes na inauguração da estátua a ministra da Secretaria de Governo de Bolsonaro, Flávia Arruda, e a secretária de Justiça e Cidadania do Distrito Federal, Marcela Passamani.

Conhecido tanto como arquiteto quanto como engenheiro, Pier Luigi Nervi  explorou as limitações do concreto armado criando uma variedade de projetos estruturais inventivos; no processo, ele ajudou a mostrar que o material tinha um lugar nos movimentos de arquitetura das décadas seguintes. Nervi começou sua carreira em um momento de revolução tecnológica, e por meio de sua ambição e capacidade de reconhecer a oportunidade em meio ao desafio, teve impacto em várias disciplinas e culturas.

Apesar de seus projetos ousados, a abordagem projetual de Nervi era bastante prática. De acordo com o Pier Luigi Nervi Project, “Nervi baseou o seu trabalho em experiências de concepção e construção e numa intuição inteligente, com uma atenção permanente e intensa às relações entre estrutura e forma”. [1] O arquiteto desenvolveu um método de construção de modelos em escala para testar alguns de seus sistemas estruturais mais radicais e até recebeu comissões (como o Stadio Artemio Franchi) por sua capacidade de reduzir os custos. [2]

Palazzetto dello sport. Image © <a href='https://www.flickr.com/photos/lulek/11420370036'>Flickr user lulek</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'>CC BY-NC 2.0</a>
Palazzetto dello sport. Image © Flickr user lulek licensed under CC BY-NC 2.0

O concreto armado se tornou o material dominante em muitos dos edifícios de Nervi – no início de sua carreira, ele e outros arquitetos e engenheiros estavam descobrindo gradualmente o seu potencial. No entanto, o que separou o trabalho de Nervi foi sua determinação em usar o material não só para criar edifícios estruturalmente sólidos, mas para expressar sua beleza e usar métodos de implementação engenhosos para construir elementos com grandes extensões e altura.

UNESCO Headquarters. Image © <a href='https://www.flickr.com/photos/french-disko/3712216223'>Flickr user french-disko</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'>CC BY-NC 2.0</a>
UNESCO Headquarters. Image © Flickr user french-disko licensed under CC BY-NC 2.0

Nervi produziu alguns de seus projetos mais reconhecidos no final de sua carreira. A Catedral de Santa Maria da Assunção (1971), projetada juntamente com Pietro Belluschi, e o Salão de Audiência Paul VI na Cidade do Vaticano (1971), mostram o talento de Nervi para produzir edifícios monumentais através de sistemas estruturais imaginativos. 

Torino Esposizioni. Image © <a href='https://www.flickr.com/photos/alobooom/15555030467'>Flickr user alobooom</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Torino Esposizioni. Image © Flickr user alobooom licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Nervi e o projeto da Embaixada

Idealizado e construído em um clima de grandes expectativas, o edifício da Embaixada é fruto de circunstâncias peculiares, que tornam único seu significado e sua história.

Tudo se iniciou no mês de julho de 1969. O Ministro dos Negócios Estrangeiros Pietro Nenni escreveu a Pier Luigi Nervi para lhe confiar o encargo de projetar a Embaixada de Itália em Brasília. A carta transmitia toda a admiração que o chanceler nutria pelo “ilustre engenheiro”: «o governo italiano […] considerando que um projeto seu não poderia senão dar prestígio quer à Itália quer ao Brasil, desejaria poder confiar-lhe esse projeto», dizia a carta.

Embora o próprio Ministério dos Negócios Estrangeiros tivesse anteriormente declarado oportuno proceder por meio de um concurso nacional, determinou-se que o projeto seria entregue a Nervi. A decisão surgiu como consequência direta dos pedidos do Governo brasileiro, que – explicou o Ministro Nenni na carta de nomeação – «manifestou-nos o desejo de que o projeto da empreitada seja entregue a um arquiteto nosso de grande fama, cuja criação possa contribuir para o embelezamento da nova cidade e fazer desta o ponto de encontro do pensamento dos maiores arquitetos europeus».

pier luigi nervi cs6 1 0 624x348
Pier Luigi Nervi

Em 9 de julho de 1969, Nervi aceitou o pedido. Iniciou uma das suas últimas aventuras projecionais e construtivas. Na época, o quase octogenário engenheiro já tinha colecionado todos os reconhecimentos que a comunidade internacional podia atribuir. Suas instalações para as Olimpíadas de Roma resultaram em uma verdadeira competição de prêmios e medalhas atribuídas por várias associações de arquitetos do mundo. As patentes e o imenso trabalho de Nervi tinham recebido mostras, dezenas de títulos honoris causa concedidos por todas as universidades do mundo e de monografias traduzidas em várias línguas.

Além disso, existia outro aspecto histórico importante e pouco conhecido. Durante muito tempo, Nervi acariciara a oportunidade de projetar uma obra no Brasil: após o fim da Segunda Guerra, o seu amigo Pietro Maria Bardi tinha se mudado para São Paulo; Nervi tinha ido visitá-lo em 1950, durante uma viagem à América do Sul para a atribuição do primeiro doutoramento honoris causa, em Arquitetura, concedido pela Universidade de Buenos Aires, e entre outubro e novembro, tinha dado algumas aulas no MASP, o Museu de Arte de São Paulo dirigido, desde 1947, pelo próprio Bardi. Naquela ocasião surgira uma profícua colaboração com a mulher do amigo compatriota, a arquiteta Lina Bo Bardi: no arquivo de Nervi existem vestígios de supervisões estruturais para o projeto da Casa de Vidro (1951) – a morada do casal projetada por Lina e hoje sede do Instituto Bo Bardi – e para o edifício Taba Guaianases (1953).

Mas, a década de 1970 foram anos difíceis para a Itália, agitada pelas revoltas estudantis, o outono quente, a estratégia da tensão, os atentados e a crise do petróleo. A autorização para o início da projeção executiva da Embaixada demorou para chegar.

Em 1972, a Embaixada deixou a sede do Rio de Janeiro e se estabeleceu temporariamente na Asa Sul. Em 1974 iniciou-se a obra.

Após alguns entraves iniciais, em 1975 a maquete do edifício foi exposta na XIII Bienal de São Paulo. Em 23 de outubro, o diretor da obra escreveu de Brasília: «a menos que não se procurem pequenos defeitos de acabamento, a obra é um espetáculo! Recebo todos os dias elogios das mais diversas pessoas». No dia 29 de outubro, o «Correio Braziliense» dedicou um artigo muito positivo à obra e ao Estúdio Nervi.

ambasciata brasilia 2018 04 electa
Desenhos do projeto – fonte: Electa

Para a finalização do conjunto, foi chamado o arquiteto paisagista brasileiro Ney Dutra Ururahy, que elaborou o projeto para jardins coloridos por uma seleção de espécies principalmente brasileiras, mas sobretudo pelas flores: mais de cem buganvílias e lilases, dezenas de arbustos de tibouchina, estrelas de Natal mexicanas, azáleas, hibiscos, orquídeas púrpura de Hong Kong e espetaculares Flamboyant doam ao espectador todos os matizes de vermelho.

O Estúdio Nervi se ocupou pessoalmente do projeto de decoração dos espaços internos.

Os mármores (granito verde Ubatuba, rosa Imperial, Azul da Bahia, Vermelho Jacarandá, Cinza Andorinha) e as madeiras (o parquet e os lambris de Sucupira e Jacarandá-paulista) foram escolhidos no mercado brasileiro. Outros acabamentos são de proveniência italiana – como as peças de artesanato da Sardenha – e chegam com correios internacionais.

Para poder arcar com os custos da ornamentação do prédio, foi fundamental a conjuntura histórico-financeira: a desvalorização da moeda brasileira e a crise da lira em relação ao dólar permitiram acumular uma pequena fortuna, destinada à decoração e utilizada para comissionar obras de arte (como a escultura em aço que orna o chafariz da cobertura do monumental salão de festas, obra do artista ítalo-brasileiro Roberto Moriconi).

Em janeiro de 1977 os escritórios e os funcionários mudaram para a nova sede. Em 2 de junho de 1977 a Embaixada foi inaugurada com a primeira recepção oficial.

Mas a obra ainda não estava acabada. A cobertura tinha uma perda de água que parecia não ter fim e só em 24 novembro de 1978 foi assinado o laudo final de funcionamento do prédio.

Em 28 de junho de 1979, o então Embaixador da Itália escreveu uma carta de felicitações ao Estúdio Nervi. Mas o autor principal da obra não chegou a ler a carta: no dia 9 de janeiro daquele mesmo ano, Pier Luigi falecera. Poucos meses mais tarde, o Estúdio Nervi fechou, deixando à Embaixada de Itália em Brasília a importante tarefa de representar uma das suas últimas, grandiosa obra e um País.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4677
            [name] => Embaixada da Itália em Brasília
            [slug] => embaixada-da-italia-em-brasilia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4677
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 48
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 314
            [name] => homenagem
            [slug] => homenagem
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 314
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 46
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6872
            [name] => Pier Luigi Nervi
            [slug] => pier-luigi-nervi
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6872
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 5
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Após o resultado das eleições brasileiras e italianas, você acredita que os laços entre as duas nações se fortalecerão?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 20h42
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.