Início » Engineering do Brasil começa o ano de casa nova

Engineering do Brasil começa o ano de casa nova

19 de fevereiro de 2020 - Por Cejana Montelo
Engineering do Brasil começa o ano de casa nova

O bolonhês Filippo Di Cesare lidera a operação da Engineering Latam (Argentina e Brasil) – companhia global fundada na Itália há 40 anos e especializada em Tecnologia da Informação e Transformação Digital; a operação brasileira já é a maior fora da Itália, com previsão de faturar cerca de R$ 275 milhões em 2020

Para oferecer conforto e um ambiente mais favorável ao compartilhamento de experiências, a empresa italiana de Tecnologia da Informação e Transformação Digital Engineering investiu R$ 2,5 milhões numa sede nova localizada na região da avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, zona sul da capital paulista.

A companhia está no Brasil há 12 anos apoiando os clientes na transição para o digital e desenvolvendo soluções tecnológicas para melhorar a eficiência, aperfeiçoar o fluxo de informação, promover novos modelos de negócios e garantir mais rentabilidade e agilidade às empresas.  

Sob direção do CEO Filippo Di Cesare, desde 2016, a multinacional alcançou faturamento de R$ 250 milhões no Brasil, em 2019, o que representa aumento de 10% da receita em relação ao ano anterior. A operação no país começou com seis funcionários e hoje são cerca de 700 atendendo os setores de Telecom, Energia e Utilities, Metal e Mineração, Automotivo e Agronegócio.

O investimento em infraestrutura tem o objetivo de reforçar a mudança cultural já em curso na empresa, que capacitou as equipes para trabalharem de forma mais ágil. Para Di Cesare, o desafio é continuar desenvolvendo soluções criativas e escaláveis. “A ideia é avançar em serviços que possam ser replicados. Customizamos os produtos e ampliamos um portfólio com soluções que possam atender demandas de outros clientes”, afirma. 

Para acompanhar esta evolução, o novo projeto do escritório adotou o formato conhecido como squad. Trata-se de uma estrutura física mais horizontalizado que facilita a interação entre profissionais de um time multidisciplinar, capaz de atuar de forma menos hierarquizada e centralizada para trabalhar com mais autonomia. Para cumprir o desafio de ser mais ágil e eficiente, as equipes ganharam um ambiente que estimula a criatividade.

“Gosto de dizer que temos a solidez de uma multinacional e agilidade de uma startup. Estamos nos reinventado e colocando em prática a mesma recomendação que passamos aos clientes”, ressalta.

O formato squad foi adotado para garantir uma estrutura mais transparente, onde qualquer profissional possa acompanhar os projetos e apresentar sugestões. Para o executivo, a estratégia desta mudança física é melhorar a qualidade e reduzir o tempo de entrega em cerca de 50%.

A reforma do escritório teve outro objetivo: proporcionar mais engajamento nos colaboradores. Com layout e decoração despojados, o espaço ficou mais acolhedor, o que contribui para a melhora do clima organizacional e engajamento. O escritório ganhou mesas de pebolim, vídeo games, áreas de convivência e relaxamento e obras de arte expressionistas e modernistas. A mudança segue recomendações da área de Recursos Humanos para adequar a Engineering às boas práticas de gestão. A meta é colocar a empresa no ranking Melhores Empresas para se Trabalhar, da Great Place to Work (GPTW).   

A Engineering está presente também em Santo André, região metropolitana de São Paulo, e nas capitais: Rio de Janeiro e Belo Horizonte. As unidades de Santo André e BH também passarão por reformas neste ano para incorporarem a estrutura de squad e se ajustarem ao aumento da demanda de trabalho e do número de colaboradores que já passam de 600 em todo país.   

Bots garantem atendimento mais humano e personalizado

CEO da Engineering Latam, Filippo Di Cesare

No Brasil, a Engineering atende atualmente a companhia de água e saneamento Sabesp fazendo um projeto para aperfeiçoar o atendimento remoto aos usuários. Neste case, são usadas ferramentas de Inteligência Artificial e robôs. Di Cesare ressalta os avanços que a implementação de tecnologias da indústria 4.0 estão proporcionando. “Os bots, por exemplo, são capazes de prestar um atendimento mais personalizado e humano que aquele feito pelos próprios funcionários de call center”, afirma.      

– Mas como assim? Provocado pelo questionamento que qualquer interlocutor faria, o executivo explica que somente um banco de dados pode armazenar um volume de informações suficientes para orientar uma conversa relevante e melhorar a experiência do usuário com a companhia de água. Segundo o executivo, o bot pode estabelecer um nível de interação mais elevado porque conhece o comportamento do usuário nas redes sociais, sabe como ele interage e o que fala sobre a empresa nestes canais.   

Em 2019, a consultoria desenvolveu cerca de 500 projetos e, para 2020, a estimativa é manter o crescimento médio do faturamento em 10%. Entre os clientes atendidos no Brasil estão algumas empresas italianas Tim, Fiat, Pirelli, Generalli e Fassa Bortolo.

Entusiasmado com os resultados da companhia no Brasil, Di Cesare afirma que para o mercado digital não existe crise. “Inclusive se fosse recomendar a escolha de carreira a um jovem, eu diria para estudar Tecnologia da Informação, Ciência da Computação ou Big Data. São áreas que hoje apresentam demanda superior à oferta disponível no mercado. Atualmente temos dificuldade para contratar especialistas nestas áreas”, afirma.

Super heróis e obras de arte dão cara nova ao negócio

Para mostrar a nova sede e posicionamento da Engineering Brasil, o CEO Filippo Di Cesare abriu as portas da empresa numa cerimônia que reuniu colaboradores, clientes, fornecedores e representantes do corpo consular.

Entre os convidados, estavam o cônsul geral da Itália em São Paulo, Filippo La Rosa, o diretor da Italian Trade Agency (ITA), Ferdinando Fiore, e o presidente da Câmara Ítalo Brasileira da Indústria Comércio e Agricultura, Domenico Rossini, além dos secretários de Trabalho e Empreendedorismo Aline Cardoso, de Relações Internacionais, Luiz Salles, e da adjunta de Desenvolvimento Econômico, Ana Carolina Lafemina.  

A nova sede da Engineering Brasil possui mil metros quadrados, divididos em dois pavimentos, com salas de vidro e ambientes compartilhados. Para dar leveza e descontração ao negócio, que já é a maior operação da companhia fora da Itália, o projeto personalizou as salas com nomes de super heróis e coloriu as paredes com obras de artistas como Piet Mondrian, Van Gogh e Edward Munch.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 16h04
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.