O embaixador da França na Itália, Christian Masset, que foi chamado para consultas pelo Governo francês em meio a uma crise diplomática entre os países, retorna nesta sexta-feira (15) a Roma, anunciou a ministra de Assuntos Europeus, Nathalie Loiseau

“Retorna hoje a Roma. O presidente da República italiana, Sergio Mattarella, telefonou para (seu colega francês) Emmanuel Macron, falaram até que ponto a amizade entre os países era importante”, explicou em entrevista à emissora “RTL”.

A responsável de Assuntos Europeus disse que alguns líderes políticos italianos tinham tido comportamentos “francamente inaceitáveis”.

Loiseau considerou o conflito acabado após ter escutado o vice-presidente italiano Matteo Salvini dizer que não queria uma guerra com a França e estimou que o outro vice-presidente, Luigi Di Maio, “se meteu em uma situação complicada” ao se reunir com uma delegação de “coletes amarelos”.

“Acredito que a Itália precisa da França”, concluiu Loiseau.

(EFE)