No mês do Dia da Vitória, a Embaixada da Itália em Brasília homenageia a Força Expedicionária Brasileira na Itália, através das páginas do livro “Meccanica celeste”, de Maurizio Maggiani, no próximo dia 28 de maio,
às 18h30, na Sala Nervi da Embaixada.

O evento é aberto, e você pode participar contando sua história sobre a FEB. Caso tenha algum parente ou conhecido que fez parte deste capítulo da história, que une Itália e Brasil e ainda hoje é comemorado na Itália, você pode enviar fotografias, cartas, um diário ou apenas contos e relatos de pessoas da sua família.

A organização do evento coletará histórias e materiais e selecionará os que serão apresentados durante o evento. Mande um e-mail a eventos.brasilia@esteri.it contando sua história e descrevendo o material (fotografias, cartas, etc.)

Confira a sinopse:

Durante a noite em que Barack Obama se torna presidente dos Estados Unidos, o protagonista do livro e sua parceira Anita concebem uma filha. Assim começa o livro “Mecânica Celeste”, de Maurizio Maggiani.

A história se passa em uma região montanhosa situada entre o mar de Versilia, os Alpes Apuanos e os vales dos Apeninos entre a Toscana e a Emília.

Nos nove meses seguintes ao início da gestação, o futuro pai volta às suas raízes, vivendo sua história passada e a história do povo da região.

Mas, o verdadeiro protagonista de “Mecânica Celeste” é a Duse, uma professora-pastora que toca a sanfona nas tabernas e guarda no coração seu amor perdido: um soldado vindo do Brasil, pai do narrador.

Em volta desta figura dançam as histórias de vários personagens, como a da Santarellina, uma menina órfã comprada por uma família camponesa aos oito anos de idade e a do Omo Nudo, que voltou sem nada dos campos de concentração, e muitos outros.