Início » EMA afirma que vírus da covid sofre mutação a ‘velocidade vertiginosa’

EMA afirma que vírus da covid sofre mutação a ‘velocidade vertiginosa’

20 de setembro de 2022 - Por Comunità Italiana
EMA afirma que vírus da covid sofre mutação a ‘velocidade vertiginosa’

O diretor de estratégia de vacinas da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), Marco Cavaleri, afirmou na segunda-feira (19) que o Sars-CoV-2, vírus causador da covid-19, sofre mutação a uma “velocidade vertiginosa”. “O vírus Sars-CoV-2 está mutando a uma velocidade vertiginosa e continua a fazê-lo, agora veremos qual será o passo, mas devemos esperar que ainda haja várias mutações nos próximos meses”, disse o italiano no encontro “Eficácia e segurança de novas vacinas bivalentes”.

Segundo Cavaleri, “estamos emergindo da pandemia, mas o vírus ainda é imprevisível”. “Todos queremos ser otimistas e construímos uma imunidade cada vez maior na população, mas em vista do outono precisamos de mais prudência”.

O representante da EMA declarou ainda que “espera que em breve este vírus atinja o equilíbrio certo para poder conviver com os homens, assim como o vírus da gripe, pois assim poderemos prever melhor como mudar a composição das vacinas para melhores campanhas de vacinação”.

“Em comparação com as vacinas adaptadas contra a Ômicron, o que queremos ver com estas novas vacinas adaptadas é que a proteção dure mais, e que a nova vacinação possa ser feita após 8 meses. Essa é a expectativa”, frisou.

Cavaleri reiterou, portanto, que “aqueles que foram naturalmente expostos ao vírus durante o período Ômicron podem esperar de 3 a 4 meses antes do novo reforço”.

Além disso, ressaltou que a EMA acabou “de aprovar o primeiro reforço para crianças de 5 a 11 anos em uma dose mais baixa para a vacina original da Pfizer”. “Agora estamos esperando que a Pfizer nos dê mais informações e provavelmente em outubro ou novembro veremos a aprovação da vacina adaptada anti-Ômicron”.

Números na Itália

A Itália registrou na segunda-feira mais 8.259 casos e 31 mortes na pandemia de covid-19, elevando os totais de contágios e óbitos para 22.169.273 e 176.609, respectivamente. A média móvel de casos em sete dias aumentou de 16.144 para 16.407, enquanto a de mortes oscilou de 53 para 52.

A Itália também soma 427.222 casos ativos, porém 423.578 (99,15%) dessas pessoas estão em isolamento domiciliar. Também há 3.493 pacientes (0,82%) internados em leitos comuns e 151 (0,03%) em UTIs. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 18h28
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.