BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Início » Em Seul, Napolitano apoia negociações com Coreia do Norte

Em Seul, Napolitano apoia negociações com Coreia do Norte

14 de setembro de 2009 - Por Comunità Italiana
O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, em visita oficial à Coreia do Sul, ressaltou a importância de diálogos para deter o programa nuclear norte-coreano, assim como a aproximação diplomática entre Seul e Pyongyang.
   
"Esta é uma questão demasiadamente séria. É preciso retomar as conversações de forma negociada. É um tema delicado", comentou o mandatário, explicando que as relações com o governo norte-coreano foi um dos assuntos abordados durante o encontro que teve hoje com o presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak.
   
Em abril, a Coreia do Norte abandonou as negociações com Estados Unidos, China, Rússia, Japão e Coreia do Sul para suspender seu programa nuclear em troca de auxílio econômico, após ser repreendida pela Organização das Nações Unidas (ONU) por realizar testes com mísseis.
   
As relações entre Seul e Pyongyang se deterioraram com a chegada, em 2007, de Myung-bak ao poder, já que o mandatário adota uma postura mais rigorosa quanto ao programa nuclear norte-coreano.
   
"Depois de décadas de relações estreitas e amigáveis, pretendemos com esta visita testemunhar o interesse da Itália e intensificar as relações no plano político, econômico e cultural. Acredito que há vários campos em que nossas relações possam ser potencializadas", afirmou Napolitano, que se reuniu por cerca de uma hora com seu homólogo sul-coreano.
   
O mandatário italiano foi recebido no palácio presidencial de Seul ao lado de sua esposa, Clio, e do ministro das Relações Exteriores do país, Franco Frattini.
   
Segundo o chanceler italiano, a visita oficial ao país pode favorecer o intercâmbio em vários setores, "mas em termos de investimentos são insuficientes".
   
Neste âmbito, Frattini destacou a importância da primeira reunião Itália-Korean Business Fórum, que deve ocorrer até o fim do ano em Milão.
   
Já Napolitano relembrou que a Coreia do Sul "continuou investindo 3,5% do seu Produto Interno Bruto (PIB), mesmo durante a crise econômica mundial", o que "certamente" é uma "lição para a Itália".
   
Napolitano e a comitiva italiana também participaram da inauguração da nova embaixada da Itália em Seul e visitaram a Prada Transformer, estabelecimento idealizado pela grife italiana Prada, que reúne design futurista com espaço para desfiles de moda, exposições de arte, exibições de cinema e projetos arquitetônicos.
   
A comitiva italiana encerra sua viagem à Coreia do Sul na próxima quarta-feira, quando seguirá para o Japão, onde permanecerá até o fim de semana.
 
 
 
Fonte: Ansa

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

Leia agora a edição 293

ENQUETE

O Ministério da Educação da Itália lançou uma circular em que proíbe o uso de celulares e dispositivos eletrônicos análogos em salas de aula de todo o país. Você concorda com a medida?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 07h29
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.