As paralisações em todos os serviços de transporte ocorrerão entre quarta e sexta-feira

Os italianos e os turistas que visitam a Itália nesta semana deverão encontrar problemas nos serviços de transporte. Estão marcadas greves gerais dos serviços de trem, ônibus, metrô, balsa, táxi e avião em várias cidades do país para os próximos dias 24, 25 e 26.

A paralisação começará na quarta-feira (24), com os trens, portos, ônibus, metrôs e carros de aluguel. A greve durará um dia. Já na sexta-feira (26), será a vez do setor aéreo cruzar os braços, coincidindo com uma outra manifestação de 24 horas agendada pelos funcionários da Alitalia.

O Ministério do Transporte da Itália convocou para hoje (23) uma reunião com representantes do setor, na tentativa de evitar um caos pelo país.

As paralisações ocorrem em um momento em que os italianos saem de férias para aproveitar o fim das aulas e o verão no Hemisfério Norte. Além disso, a Itália costuma receber um grande fluxo de turistas nos meses de julho e agosto por conta do período de férias na Europa.

A entidade que representa os consumidores na Itália, a Codacons, já se antecipou dizendo ver como abuso a decisão dos sindicatos de transporte de convocarem a greve. A Codadons também ameaçou denunciar os sindicatos por “violência privada”.

A greve geral foi organizada pelos sindicatos Filt Cgil, Fit Cisl e Uiltrasporti, que pedem para o governo dialogar sobre questões do setor, como modernização, infraestrutura, concorrência e segurança. A paralisação deve afetar Roma e mais 24 cidades.

(com informações da ANSA)