O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, desembarcou nesta segunda-feira (6) em Roma, na Itália, onde realizará uma visita até o próximo dia 8 de maio para fortalecer as relações bilaterais entre os dois países, além de incentivar investimentos e exportações.

Nesta terça-feira (7), o chanceler se reunirá com autoridades do Ministério das Relações Exteriores da Itália e com empresários italianos que atuam no Brasil. Amanhã (8), Araújo será recebido pelo ministro do Interior e vice-premier da Itália, Matteo Salvini, e pela ministra da Defesa, Elisabeta Trenta.

O objetivo do político brasileiro é discutir os principais temas da pauta bilateral, como comércio, investimentos, cooperação e temas regionais e globais. Além disso, ele quer incentivar a exportação brasileira de aviões e materiais de defesa, como aeronaves da Embraer e armas, para os países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Durante sua viagem pela Itália, Araújo aproveitará para visitar o Vaticano e se reunir com o secretário de Estado, o cardeal Pietro Parolin. Depois da Itália, Araújo seguirá para Budapeste na próxima quinta-feira (9), onde se encontrará com membros do governo do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. A viagem do chanceler brasileiro será encerra na sexta-feira (10), na Polônia, com uma reunião com representantes do gabinete do premier Mateusz Morawiecki.