Disputa para chefiar a FIGC começa a tomar forma

O presidente da Lega Pro (terceira divisão da Itália), Gabriele Gavina, oficializou sua candidatura a presidente da Federação Italiana de Futebol (Figc), que está desde o começo do ano sob intervenção do Comitê Olímpico Nacional (Coni)

O candidato terá o apoio da Lega Pro, da Liga Nacional dos Amadores, da Associação Italiana dos Treinadores de Futebol (Aiac) e da Associação Italiana de Árbitros (AIA). A concorrência deve ser pelo candidato da Serie A, ainda indefinido.