Na última terça-feira (10), o DJ Alok foi para Itália reconhecer sua cidadania, garantida pelo seu sobrenome Petrillo.

O DJ, que aguarda a chegada de seu primeiro filho com Romana Novais, ainda revelou que seu pai já tem dupla cidadania. Agora, aos 28 anos, chegou a vez dele reconhecer.

Com origens da cidade de San Giovanni a Piro, Alok se encontrou com o prefeito Ferdinando Palazzo, que entregou a ele uma flâmula do município e a resolução da concessão da cidadania honorária.

Ferdinando Palazzo e Alok

“A comunidade da cidade de San Giovanni a Piro confere a cidadania honorária a Alok Achkar Peres Petrillo como sinal de reconhecimento e gratidão, a fim de prestar-lhe a estima e o papel que ela merece também, a fim de fortalecer os laços das gerações atuais dos moradores de origem de San Giovanni a Piro fora das fronteiras nacionais com o território de origem e atribuindo um reconhecimento honorário àqueles que, como ele, ainda hoje no mundo exaltam ou exaltaram as melhores qualidades de nosso vilarejo fora das fronteiras municipais”, declarou o prefeito.

Alok come uva pelas ruas de San Giovanni a Piro

“Meu pai tinha aberto o processo de cidadania há 10 anos. E eu sempre quis ir atrás disso”, disse à Agência Ansa o DJ, cujo nome completo é Alok Achkar Peres Petrillo. “Eu já ganhei dois prêmios na Itália e acredito que isso, de certa forma, facilitou para a cidadania honorária”, afirmou.

San Giovanni a Piro é uma comuna italiana da região da Campania, província de Salerno, com cerca de 3,7 mil habitantes.