BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Diodato vence Festival de Sanremo marcado por uma alta na interação do público

10 de fevereiro de 2020 - Por Comunità Italiana
Diodato vence Festival de Sanremo marcado por uma alta na interação do público

A noite final do Festival de Sanremo, na qual o cantor italiano Diodato foi o grande vencedor, foi assistida por 11 milhões e 476 mil telespectadores, com 60,6% de participação

Diodato, que irá representar o país no Eurovision 2020, venceu interpretando a música “Fai Rumore” no palco do Teatro Ariston. O artista conquistou o prêmio ao obter o maior número de apoio (39,3%) de um sistema de votação que combinava a opinião dos telespectadores (34%), jornalistas (33%) e de um júri (33%).    

O resultado em termos de interação é o melhor desde 2002, quando a última noite da competição, liderada por Pippo Baudo, Manuela Arcuri e Vittoris Belvedere, atingiu 62,66%. No ano passado, a última noite do festival reuniu uma média de 10 milhões de 622 mil espectadores, o equivalente a 56,5%.   

Já nesta edição, a primeira parte da noite final alcançou 13 milhões e 638 mil espectadores, com 56,8% de participação, enquanto que a segunda bateu 8 milhões e 969 mil, com 68,8%. Em 2019, por sua vez, a primeira parte da última noite de Sanremo reuniu 12 milhões e 129 mil telespectadores, com 53,1% de interação. Na última parte, por sua vez, atingiu 8 milhões e 394 mil pessoas, com 65,2%.   

Em relação às receitas de publicidade, o concurso musical garantiu 37,7 milhões de euros, anunciou o presidente da RAI Pubblicità, Antonio Marano, em entrevista coletiva, lembrando que em 2017 e 2018 as receitas atingiram 27,7 milhões e no ano passado 31 milhões e 347 mil euros.

“Fai Rumore” faz parte do álbum “Che vita belíssima”, que deve ser lançado no próximo dia 14 de fevereiro, e foi considerada “um ato de rebelião que fotografa o amor no sentido mais amplo possível, além de ser um convite para derrubar as barreiras da falta de comunicação”. O cantor Francesco Gabbani, vencedor da edição 2017, que chegou a ficar na liderança da competição, conquistou a segunda colocação, com a canção “Viceversa”, seguido dos Pinguini Tattici Nucleari (26,8%), que interpretaram a música “Ringo Starr”.   

Diodato, por sua vez, também garantiu os prêmios da crítica em homenagem a “Mia Martini” e o da sala de imprensa, o “Lucio Dalla”. Além disso, a comissão musical atribuiu a honraria de melhor letra ao Rancore, com “Eden”, enquanto a melhor composição ficou com a canção “Ho amato tutto”, de Tosca. Por fim, o prêmio TIM music, entregue para a música mais ouvida durante a competição, ficou com Gabbani.

Após vencer a disputa, responsável por determinar quem irá representar o país no Eurovision em maio deste ano, Diodato ressaltou a importância da música italiana.

“Estou feliz por poder levar a música italiana, assim como a minha própria música. Acho que temos que trabalhar em equipe, a música italiana tem uma importância, tem que ser ajudada em nível internacional. Temos que voltar a ser exportadores de música. O Eurovision me parece uma excelente oportunidade”, afirmou.

Confira a classificação completa

1.º Diodato: Fai rumore
2.º Francesco Gabbani: Viceversa
3.º Pinguini Tattici Nucleari: Ringo Starr
4.º Le Vibrazioni: Dov’è
5.º Piero Pelù: Gigante
6.º Tosca: Ho amato tutto
7.º Elodie: Andromeda
8.º Achille Lauro: Me ne frego
9.º Irene Grandi: Finalmente io
10.º Rancore: Eden
11.º Raphael Gualazzi: Carioca
12.º Levante: Tikibombom
13.º Anastasio: Rosso di rabbia
14.º Alberto Urso: Il sole ad est
15.º Marco Masini: Il confronto
16.º Paolo Jannacci: Voglio parlarti adesso
17.º Rita Pavone: Niente (Resilienza 74)
18.º Michele Zarrillo: Nell’estasi o nel fango
19.º Enrico Nigiotti: Baciami adesso
20.º Giordana Angi: Come mia madre
21.º Elettra Lamborghini: Musica e il resto scompare
22.º Junior Cally: No grazie
23.º Riki: Lo sappiamo entrambi
(com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6472
            [name] => Diodato
            [slug] => diodato
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6472
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4085
            [name] => Festival de Sanremo
            [slug] => festival-de-sanremo
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4085
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 15
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Já instalada no Brasil, o Senado italiano apresentou duas propostas de CPI da covid para investigar a gestão do governo da crise sanitária. Você aprova a formação da CPI ainda no meio da pandemia?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 00h11
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.