Início » Di Maio conversa com seu homólogo russo e defende diálogo para tratar crise entre Rússia e Ucrânia

Di Maio conversa com seu homólogo russo e defende diálogo para tratar crise entre Rússia e Ucrânia

11 de fevereiro de 2022 - Por Comunità Italiana
Di Maio conversa com seu homólogo russo e defende diálogo para tratar crise entre Rússia e Ucrânia

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, conversou por telefone, na quinta-feira (10), com seu homólogo russo, Sergei Lavrov, e defendeu o diálogo para tratar a crise entre a Rússia e Ucrânia. Durante a ligação, o chanceler italiano manifestou o seu total apoio às atividades de negociação em curso, sublinhando a prioridade de buscar soluções sustentáveis com base na implementação dos Acordos de Minsk.

A declaração é dada no momento em que os russos mobilizaram mais de 100 mil soldados na fronteira com a Ucrânia, alegando que quer apenas que os países ocidentais respeitem sua “área de influência”. Os Estados Unidos, porém, afirmam que o governo de Vladimir Putin pode invadir o território ucraniano a qualquer momento, apesar de Moscou negar.

Di Maio, por sua vez, enfatizou que quaisquer ações agressivas contra a Ucrânia teriam sérias consequências, destacando a necessidade de sinais de distensão para um diálogo construtivo.

“A conversa insere-se nos esforços para facilitar o diálogo e a desescalada que a Itália está executando em coordenação com os seus aliados e parceiros a respeito do estado de tensão nas fronteiras entre a Rússia e a Ucrânia”, diz o comunicado oficial da Farnesina.

O chanceler reiterou ainda que a Itália vai continuar a dar a sua contribuição para as negociações em curso sobre a segurança na Europa, visando restabelecer a confiança entre a Otan e a Rússia.

Por fim, o ministro italiano encorajou o governo russo a dar feedback às respostas fornecidas e a continuar a discussão através de novas reuniões entre o Conselho da Otan e Rússia.

As tensões com a Rússia por parte dos países ocidentais – Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia – aumentam dia após dia. Enquanto os russos afirmam que estão deslocando suas tropas apenas por sua “segurança”, os ocidentais alegam que Putin tem a intenção de invadir a Ucrânia a qualquer momento.

Na semana passada, o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, inclusive, conversou por telefone com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para debater a crise ucraniana e as relações bilaterais. Na ocasião, o premiê italiano destacou a importância de uma desaceleração nas tensões no local à luz das graves consequências que ocorreriam em caso de endurecimento da crise. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 14h02
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.