BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Deputados europeus pedem suspensão de negociação com Mercosul pela morte de Marielle

15 de março de 2018 - Por Fernanda Queiroz
Deputados europeus pedem suspensão de negociação com Mercosul pela morte de Marielle

 

Grupos políticos ainda fazem ato em sessão do Parlamento Europeu com cartazes para homenagear a vereadora carioca

O partido espanhol Podemos enviou uma carta para a Comissão Europeia exigindo que bloco “condene” o assassinato da vereadora Marielle Franco e que as autoridades em Bruxelas suspendam as negociações comerciais para fechar um acordo de livre comércio entre a Europa e o Mercosul.

O pedido de suspensão das negociações ainda foi solicitado por outros grupos do Parlamento Europeu, em especial a aliança de 52 euro deputados que formam parte da Esquerda Europeia Unida. “Pedimos para a Comissão uma suspensão imediata das negociações com o Mercosul até que haja o fim da violência e intimidação contra a oposição política e defensores de direitos humanos”, declararam os partidos da aliança de esquerda.

O grupo representa menos de 10% dos 750 membros do Parlamento Europeu. Ainda assim, na carta, os deputados do partido espanhol insistiram ainda que a Europa deve exigir que o Brasil faça “uma investigação independente, rápida e exaustiva que permita chegar à verdade e Justiça”.

A carta foi assinada por Miguel Urbán, deputado do Podemos no Parlamento Europeu e porta-voz do grupo político. O documento foi enviado para a Alta Representante para Assuntos Exteriores da Europa, Federica Mogherini.

Urbán também fez uma declaração, em plena reunião do Parlamento Europeu, com cartazes em homenagem à vereadora brasileira

“Sendo o Brasil um país sócio da UE e observando que a Comissão está negociando atualmente um acordo comercial com o Mercosul, (pedimos) que as negociações comerciais sejam suspensas de forma imediata e seja manifestado seu compromisso com a defesa dos direitos humanos”, aponta o documento, obtido pelo Estado.

“As atividades das pessoas comprometidas com a defesa dos direitos humanos são mais que necessárias”, escreveu. O grupo cita informes que revelam que, em 2017, 312 defensores de direitos humanos foram mortos pelo mundo. Desses, 26 eram brasileiros.

“Assistimos, uma vez mais, o assassinato de uma ativista feminista e defensores de direitos humanos, um crime que se produz no contexto de um aumento da violência no Brasil e no Rio de Janeiro”, disse Urbán. Para ele, isso é “fruto de uma crise econômica e social e das políticas de austeridade” conduzidas pelo governo de Michel Temer.

O parlamentar ainda cita a intervenção federal no Rio e insiste que “o assassinato de Marielle Franco foi deliberado”. “A sombra de uma execução planejada com o objetivo de amedrontar as vozes críticas e defensoras dos oprimidos e de influenciar em campanha eleitoral que está começando”, disse.

O vice-presidente da Delegação do Parlamento Europeu para o Mercosul, deputado Xabier Benito, também usou a morte da vereadora para atacar o governo de Temer. Segundo ele, é a atual gestão a “responsável pelo aumento das desigualdades e da violência no País”. “Também o é subsidiariamente desse assassinato”, declarou o deputado, também do Podemos.

“Mostramos toda nossa solidariedade com as companheiras e familiares de Marielle, e seguiremos exigindo desde o Parlamento Europeu a defesa dos direitos humanos e o papel que desempenham essas pessoas que, como Marielle, arriscam suas vidas por essa luta”, disse Benito. (Estado de São Paulo)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 614
            [name] => Assassinato
            [slug] => assassinato
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 614
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 13
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 2978
            [name] => Marielle
            [slug] => marielle
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 2978
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1112
            [name] => Mercosul
            [slug] => mercosul
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1112
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 14
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 197
            [name] => UE
            [slug] => ue
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 197
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 95
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Se estivesse passando por extrema necessidade, sem trabalho, e o Estado não te desse condições para prover recursos para a sua família, você aceitaria ajuda da máfia ou outras organizações criminosas?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 10h38
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.