Início » Dados revelam que famílias gastam em média 160 euros por ano com sorvetes na Itália

Dados revelam que famílias gastam em média 160 euros por ano com sorvetes na Itália

10 de agosto de 2023 - Por Comunità Italiana
Dados revelam que famílias gastam em média 160 euros por ano com sorvetes na Itália

Clássicos como chocolate, morango e avelã são os preferidos, e sabores alternativos como Spritz e torrone também fazem sucesso: o sorvete, especialmente o artesanal, é o protagonista econômico do verão na Sardenha, na Itália. A comprovação está nos dados do estudo “Sorveterias: as empresas artesanais e as compras de sorvetes das famílias”, realizado pela associação que representa as empresas de produtos artesanais da Sardenha.

A ilha conta com 225 sorveterias, das quais 149 artesanais. Os estabelecimentos geram 900 empregos, sendo 400 na produção, e a movimentação anual chega a 117 milhões de euros (R$ 629 milhões).

“Na prática, cada núcleo familiar gasta 160 euros (R$ 861) por ano com sorvetes, raspadinhas e picolés. Não se renuncia aos pequenos prazeres da vida nem em tempos de crise. Aliás, diante de dificuldades a população cede aos desejos mais facilmente”, avaliou a presidente da associação, Maria Amelia Lai.

Segundo ela, a qualidade faz diferença: “O esforço das sorveterias artesanais é para garantir atenção às matérias primas. Ingredientes como açúcar, leite e frutas, além da embalagem, estão caríssimos. Mas os empresários tentam conter os repasses para garantir o bom sorvete aos consumidores neste verão tão quente”. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 01h08
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.