BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Comunidade italiana repudia fala de deputado de Goiás

30 de novembro de 2019 - Por Comunità Italiana
Comunidade italiana repudia fala de deputado de Goiás

Milhares de italianos e descendentes em todo o país se manifestaram através de associações representativas e das redes sociais contra ofensas do parlamentar Henrique Arantes

Após publicação no site da Comunità, os italianos e descendentes no estado de Goiás se mobilizam em repúdio à fala do deputado estadual Henrique Arantes (MDB). Em discurso, na última quarta-feira, ele criticou a distribuidora de energia italiana Enel e disse que “brasileiros aprenderam a ser corruptos com os italianos por conta da forte imigração”.

A nota contra a fala do legislador foi através da atuante Associação Veneziana do estado, que considera “irresponsável” a declaração de Arantes e afirma que ele “dá clara demonstração de seus sentimentos xenófobos e preconceituosos, esquecendo-se que a República Federativa do Brasil e sua Constituição não criminalizam esse tipo de conduta”. A missiva contra o parlamentar ainda julga de “total desconhecimento ou má fé com relação a história do Brasil e de Goiás, pois foram os imigrantes italianos responsáveis por ajudar a construir a riqueza da nação e do Estado que conta com numerosa comunidade ítalo-brasileira”.

A imprensa de Goiás procurou pelo deputado, mas sua assessoria informou que o mesmo não poderia falar, pois estaria viajando e sem sinal de telefone. Logo a seguir, em nota, Arantes tenta se retratar e informa que seu discurso não foi “jamais focado em ofender o povo italiano que é sempre bem-vindo e bem-recebido no Estado de Goiás”.

A comunidade italiana no Brasil demonstrou grande desapontamento e fez críticas ao parlamentar através das redes sociais da Comunità. No Facebook da revista, Eliane Do Prado mostrou sua indignação:

– Talvez ele devesse citar também que boa parte do desenvolvimento brasileiro se deu pela imigração, principalmente de italianos. Várias cidades, classificadas como as melhores do Brasil para se viver, foram colonizadas por italianos.

Já a leitora Gisele Bozzani Calil foi enfática: “Que absurdo! Meus avós italianos e toda minha família trabalharam muito e contribuíram pelo progresso do Brasil honestamente. Tenho muito orgulho!”. Na mesma linha, o médico Pietro Accetta demonstrou sua grande indignação e falou sobre sua família:

– Esse “representante do povo” deveria estudar mais sobre o papel fundamental que os imigrantes italianos tiveram para a formação do Brasil. Trouxeram suas culturas e sobretudo a crença no país que os acolheu. Trouxeram também uma força de vontade extraordinária de melhorar e uma capacidade invejável de trabalhar. Nasci aqui e tenho orgulho enorme das minhas origens. A família Accetta tem hoje pelo menos 80 pessoas que honram esse sobrenome. Cito como exemplo meu pai, Antonio Accetta, engraxate a vida toda, que junto com a minha mãe Concetta Masullo criaram três filho, todos formados em medicina pela UFF.

Em vídeo na Internet, Diego Mezzogiorno convoca a todos que se sentiram ofendidos a fazerem uma denúncia criminal contra Henrique Arantes pelo crime de racismo. Ele propõe que procurem a delegacia de Policia Virtual de Goiás para registrar boletins de ocorrência para embasar um possível processo.

Contexto

Existe uma mobilização da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás para rescindir o contrato com a distribuidora de energia italiana Enel.

A Comissão Mista da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que propõe a rescisão do contrato de distribuição de energia firmado entre o governo do estado e a Enel. Os deputados questionam a qualidade dos serviços oferecidos. A empresa afirma que o projeto é inconstitucional.

O texto, relatado na comissão pelo deputado Paulo Trabalho (PSL), ainda precisa ser aprovado em duas votações no plenário para passar pelo crivo do governador Ronaldo Caiado (DEM), o qual já informou que irá sancionar a lei caso ela avance.

O projeto prevê o fim do acordo e a realização de uma nova licitação para escolher outra empresa para operar o serviço. Enquanto isso, caberia à Celg Geração e Transmissão S/A (Celg GT) assumir a operação e distribuição de energia elétrica.

Em nota, a Enel informou que o projeto é inconstitucional, pois a concessão para a distribuição de energia é feita pelo governo federal. Portanto, não caberia à Assembleia legislar sobre o assunto.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4233
            [name] => Comunidade italiana
            [slug] => comunidade-italiana
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4233
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 4
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6252
            [name] => Henrique Arantes
            [slug] => henrique-arantes
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6252
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Novo programa Renda de Cidadania, espécie de "Bolsa Família" da Itália, exige que o beneficiário preste serviço para o município em troca do crédito. Você concorda?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 10h04
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.