Início » Cidade italiana proíbe negócios ‘étnicos’ e ‘indecorosos’

Cidade italiana proíbe negócios ‘étnicos’ e ‘indecorosos’

02 de julho de 2018 - Por Comunità Italiana
Cidade italiana proíbe negócios ‘étnicos’ e ‘indecorosos’

 

Centro histórico de Gênova não poderá ter restaurantes de kebab

(ANSA) – A cidade de Gênova, na Itália, proibiu a abertura de novos negócios “étnicos” e “indignos” em seu centro histórico, reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Desta maneira, fica impedida a inauguração de restaurantes ou barracas de rua de comidas típicas de outros países, como kebab, ou atividades consideradas “indecorosas”, como call centers, caixas eletrônicos, sex shops, cabeleireiros e discotecas.




Além disso, produtos expostos em vitrines e janelas terão de obedecer algumas regras. “É uma iniciativa para qualificar e revitalizar o centro histórico”, explicou Paola Bordilli, secretária de Turismo, Comércio e Artesanato de Gênova.

A medida surge de um acordo entre o governo regional da Ligúria, a Prefeitura e a Câmara de Comércio.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 15h54
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.