BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Certificado sanitário da Itália passa a reconhecer vacina da AstraZeneca produzida pela Fiocruz

27 de setembro de 2021 - Por Comunità Italiana
Certificado sanitário da Itália passa a reconhecer vacina da AstraZeneca produzida pela Fiocruz

A Itália passou a aceitar versões da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 produzidas em outros países, como Índia e Brasil, em seu certificado sanitário. Segundo uma publicação do Ministério da Saúde da Itália na última quinta-feira (23), as vacinas Covishield (Instituto Serum, da Índia), R-CoVI (R-Pharm, da Rússia) e o imunizante brasileiro da Fiocruz serão reconhecidas como equivalentes às administradas no plano de vacinação italiano. Leia a íntegra da circular do ministério (em italiano).

A CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, não entrou na lista.

O documento serve para que cidadãos italianos e residentes possam frequentar restaurantes, comércios e outras atividades de lazer. A partir de 15 de outubro, será requisitado em locais de trabalho, dos setores público e privado.

Os imunizantes serão considerados válidos para a emissão do certificado sanitário green pass, usado por países da UE (União Europeia). Além de vacinados, quem comprovar que se curou da doença há 6 meses ou fez teste para covid, com resultado negativo nas últimas 48h, também poderá solicitar uma via do certificado. No momento, só cidadãos italianos e pessoas que residem no país podem ter o certificado.

Antes, o green pass considerava apenas os imunizantes aprovados pela EMA (Agência Europeia de Medicamentos): AstraZeneca (Vaxzevria, da universidade de Oxford), Pfizer/BioNTech, Janssen e Moderna.

A Itália ainda não permite a entrada de brasileiros. A decisão sobre incluir as versões da vacina da AstraZeneca no certificado sanitário pode beneficiar pessoas partindo do Brasil, quando as restrições ao desembarque forem flexibilizadas. Isso porque, quando se trata da AstraZeneca, alguns países autorizam a entrada apenas para quem se imunizou com a versão da universidade de Oxford, conhecida como Vaxzevria.

Sobre o assunto, a publicação do Ministério da Saúde da Itália diz o seguinte: “Além disso, sem prejuízo das disposições da legislação em vigor sobre entrada transfronteiriça, o certificado de vacinação emitido pelas autoridades sanitárias nacionais estrangeiras competentes, em decorrência vacinação com vacinas autorizadas pela EMA ou com as vacinas equivalentes mencionadas acima, são consideradas equivalente à certificação verde COVID-19 para os fins previstos na legislação”.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7309
            [name] => AstraZeneca
            [slug] => astrazeneca
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7309
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 26
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9305
            [name] => Certificado Sanitário
            [slug] => certificado-sanitario
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9305
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 6
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6438
            [name] => Coronavírus
            [slug] => coronavirus
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6438
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1522
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6564
            [name] => Covid-19
            [slug] => covid-19
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6564
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1402
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 8046
            [name] => Fiocruz
            [slug] => fiocruz
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 8046
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

    [5] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 9351
            [name] => Green Pass
            [slug] => green-pass
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 9351
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 16
            [filter] => raw
        )

    [6] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 6602
            [name] => Pandemia
            [slug] => pandemia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 6602
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 1329
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a CPI da covid conseguirá ajudar a fazer justiça pela morte de milhares de brasileiros durante a pandemia?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 07h52
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.