Início » CBF anuncia Carlo Ancelotti como treinador da Seleção a partir da Copa América; Fernando Diniz assume como técnico interino

CBF anuncia Carlo Ancelotti como treinador da Seleção a partir da Copa América; Fernando Diniz assume como técnico interino

05 de julho de 2023 - Por Comunità Italiana
CBF anuncia Carlo Ancelotti como treinador da Seleção a partir da Copa América; Fernando Diniz assume como técnico interino

Fernando Diniz foi anunciado na terça-feira (4) como técnico interino da Seleção, com contrato de um ano. Comandante do Fluminense, ele esteve na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Barra da Tijuca, para acertar os últimos detalhes com o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues. O dirigente ainda afirmou que o técnico italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid, assumirá o cargo na Copa América e comandará a Seleção no ciclo até a Copa do Mundo de 2026.

“(Diniz) Vai dirigir a Seleção com toda autonomia”, afirmou Ednaldo, que confirmou a apresentação de Diniz para esta quarta-feira, às 15h (de Brasília), na sede da CBF.

“Tem muitos treinadores bons no Brasil, e Diniz foi por conta de trabalho que entendi que era inovador, a partir do momento em que ele fez trabalho no Audax. Depois, passou por outros clubes tendo a mesma filosofia de jogo, sem ficar mudando. Sempre teve o mesmo método e gostei muito pela renovação que ele fez, das aplicações táticas. Então, é um treinador que realmente a proposta de jogo dele é quase parecida também com a do treinador que assumirá a partir da Copa América, o Ancelotti. Tem quase o mesmo tipo de proposta de jogo – explicou”.

“Era um modo diferente de treinar os atletas. Saiu de uma mesmice para situações arrojadas. Tenho certeza que todo esse trabalho e competência que ele tem, vai aplicar na seleção brasileira e será muito bem exibida por todos os atletas” disse Ednaldo.

Fernando Diniz também falou pela primeira vez como técnico interino da Seleção:

“Um sonho para qualquer um, uma honra e um orgulho enorme poder prestar serviço para a Seleção. É uma convocação, ainda mais do que jeito que aconteceu. Um trabalho em conjunto da CBF com o Fluminense e eu tenho convicção de que a gente tem tudo para levar isso adiante e fazer com que dê certo”, afirmou Diniz.

O combinado nas negociações é que Fernando Diniz concilie o trabalho com o Fluminense e se apresente nas datas Fifa para comandar a Seleção. A CBF procurou o clube para tratar da liberação, e a resposta foi que isso só ocorreria mediante pagamento de multa.

Posteriormente, as partes chegaram a um consenso. Com o acordo, o Tricolor não será prejudicado em momentos-chave da temporada, como o mata-mata da Libertadores. O presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, e o diretor de futebol, Paulo Angioni, acompanharam o treinador nesta terça-feira na sede da CBF.

A CBF não tem contrato assinado com Ancelotti, mas confia no acordo verbal que costurou com o treinador nas últimas semanas, sobretudo como resultado da viagem de Ednaldo à Espanha. O italiano tem contrato com o Real Madrid até o fim de junho de 2024, quando a seleção brasileira estará no meio da disputa da Copa América, sob a tutela de Diniz. (com dados de agências internacionais)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 13h49
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.