Local é dedicado à famosa personagem de Shakespeare

A cidade de Verona, no norte da Itália, promete uma “revolução” na Casa de Julieta, museu que faz homenagem à famosa personagem de William Shakespeare e que recebe dezenas de milhares de visitantes por ano.

Segundo o projeto apresentado, o local ganhará novos recursos tecnológicos e multimídia, e também soluções para melhorar a circulação do público e aumentar a segurança em tempos de grande lotação.

O projeto prevê a criação de uma nova entrada para o museu, que tem cerca de 800 metros quadrados de área expositiva, divididos em três andares. O percurso será circular e terá sentido único, terminando no pátio da casa, que abriga a estátua de Julieta e hoje serve de entrada e saída do museu.   

O preço do ingresso subirá de seis para 10 euros, mas será possível visitar apenas o pátio, por um valor de três euros. O museu abriga peças que fazem referência à obra “Romeu e Julieta”, que é ambientada em Verona, e às suas diversas adaptações para o cinema, principalmente a de Franco Zeffirelli.   

“Hoje escrevemos uma página de história da nossa cidade, a Casa de Julieta se tornará um verdadeiro museu de nível internacional”, disse o prefeito Federico Sboarina. As obras devem começar no próximo mês de junho.