Filippo Magnini estava com a namorada em Cala Sinzias, praia da Sardenha, quando ouviu amigos do afogado pedirem por socorro. Ele fez o resgate e esperou pela chegada dos salva-vidas

O ex-nadador italiano Filippo Magnini foi herói por um dia no último domingo (7). Campeão mundial dos 100m livres em 2005 e 2007 e bronze em Atenas-04 no revezamento 4×200, Magnini protagonizou o salvamento de um recém-casado na praia de Cala Sinzias, localizada na ilha da Sardenha, na Itália.

O nadador estava acompanhado da namorada quando foi surpreendido por amigos do afogado, que pediam por socorro. Magnini rapidamente correu à água e alcançou Bennedetto, que tinha dificuldade para nada devido à baixa temperatura da água e a um problema de saúde. O jovem havia se casado há dois dias e estava sobre uma boia com o companheiro, quando caiu na água por conta do vento forte.

O nadador chegou à vítima de afogamento antes dos salva-vidas, segurando a cabeça de Benedetto para fora da água e esperando pelo resgate.

– Quando eu o alcancei, ele não conseguia nem falar e tivemos dificuldade para erguê-lo até o barco de resgate. Tivemos que colocá-lo numa cama inflável de uns banhistas que estavam por perto – contou Magnini, que se aposentou das piscinas em dezembro de 2017.

Depois de ser levado ao hospital e recobrar a consciência, Benedetto se surpreendeu quando soube o nome do responsável pelo resgate. Ainda assim, o afogado conta que a primeira preocupação ao acordar foi o marido, que estava com ele no momento do afogamento.

– Algumas horas após o acidente, quando ainda estava no hospital, percebi que Filippo Magnini tinha sido o homem que salvou a minha vida, mas não tive a oportunidade de agradecer, porque não tenho o contato dele. Espero poder agradecê-lo pessoalmente – disse Benedetto.

(com informações do GE)