A Câmara dos Deputados da Itália aprovou um lei que prevê a eliminação de recipientes plásticos descartáveis de água em todas as áreas dos edifícios da Câmara, o que inclui restaurantes e bares do Palazzo Montecitorio. A determinação é que será possível somente consumir água em garrafas de vidro ou na rede pública de água. A intenção de tornar a Câmara dos Deputados livre de plástico também foi traduzida em ação, manifestada desde o início da legislatura pelo presidente Roberto Fico.

Para encorajar os usuários a usar a água da rede pública, o sistema de abastecimento que fornece água para o auto-serviço do Palazzo Montecitorio foi renovado e tornou-se mais funcional, um sistema semelhante foi instalado no quinto andar do Palazzo del Seminario. e mais dois serão instalados até o final de julho no mezanino semicircular da Câmara para substituir os distribuidores de corrente, que dispensam água contida em recipientes plásticos.

“Excelentes notícias. Agradeço ao presidente da Câmara Roberto Fico pela sensibilidade demonstrada em ter aceito imediatamente meu apelo para participar da campanha #plasticfree. Depois de um trabalho realizado nestes meses, o objetivo também foi alcançado em Montecitorio”, comentou o ministro do Meio Ambiente, Sérgio Costa. 

“Não posso pedir aos cidadãos – acrescentou Costa – que se libertem do plástico se as instituições não derem o primeiro bom exemplo. Nós demos em outubro, quando o Ministério do Meio Ambiente se livrou do plástico descartável. Muitos – ministérios, regiões, municípios, empresários, associações, escolas, resorts de praia – nos seguiram. Um ‘vírus’ que espero que continue a se espalhar “.