BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Câmara da Itália aprova decreto sobre data das eleições

16 de junho de 2020 - Por Comunità Italiana
Câmara da Itália aprova decreto sobre data das eleições

A Câmara dos Deputados da Itália aprovou na segunda-feira (15) o decreto-lei (DL) que prevê as eleições regionais, municipais e o referendo constitucional sobre o corte no número de parlamentares para setembro. A data mais provável é o dia 20 de setembro, como queria o governo.   

O texto recebeu 257 votos favoráveis, 203 contrários e três abstenções. Agora, a alteração deve ser votada pelo Senado até o próximo sábado (20). Com o DL, o governo italiano poderá convocar as eleições para renovação do poder executivo nas cidades e também para o referendo e terá que fechar acordo com as regiões, que tem o poder autônomo de escolher as datas que podem não coincidir com a escolhida por Roma.   

Para as eleições nas comunas, o decreto estabelece uma janela entre 15 de setembro e 15 de dezembro para a realização dos pleitos em 1.133 cidades (onde vivem 6,5 milhões de pessoas). O Executivo sugeriu a data de 20 de setembro, mas a centro-direita insiste na realização no mês de outubro. Também está prevista a realização da disputa no dia 4 de outubro para 146 comunas (sendo 18 capitais de províncias) com população superior a 15 mil habitantes. O referendo deve ser realizado no mesmo período das municipais e este deverá ser convocado pelo governo italiano. Há uma disputa entre siglas sobre a data, e ele pode ocorrer tanto no primeiro turno como no segundo turno das disputas.

Já as regionais ordinárias estão previstas para seis localidades – Vêneto, Ligúria, Toscana, Marcas, Campânia e Púglia – e uma regional com estatuto especial está planejada para o Vale de Aosta. Ao todo, 18 milhões de eleitores precisarão ir às urnas e a janela para a realização dos pleitos será de 6 de setembro a 1º de novembro.   

Os governadores já se manifestaram que devem fazer a disputa no primeiro fim de semana de setembro, mas o governo de Roma deseja que tudo seja realizado no dia 20 do mesmo mês. As eleições nas províncias serão realizadas 90 dias depois das municipais, já que elas são consideradas entidades de segundo nível, compostas por prefeitos de seu território, onde haverá disputa eleitoral. 

O decreto também autoriza que as votações ocorram também nas segundas-feiras (das 7h às 15h), além do domingo (das 7h às 23h). (Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3684
            [name] => Câmara da Itália
            [slug] => camara-da-italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3684
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1819
            [name] => eleições
            [slug] => eleicoes
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1819
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 41
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Se você fosse convidado hoje para viver na Itália com a sua família, você sairia do Brasil?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 02h17
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.